Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Valencia critica declaração de Vinicius Júnior ao tribunal exige reparação nas falas do jogador

Nesta quinta-feira, o atacante brasileiro Vinicius Júnior prestou depoimento sobre os insultos racistas que sofreu em Valência durante a temporada passada. O jogador de 23 anos compareceu ao tribunal de Madri para relatar o incidente, afirmando que as ofensas racistas partiram de torcedores em todo o estádio.

No entanto, as declarações de Vinicius Júnior irritaram o Valencia CF, que emitiu uma nota oficial manifestando sua surpresa, rejeição e indignação com as afirmações do jogador brasileiro.

Vinicius Júnior
Foto: OSCAR DEL POZO / AFP

O Depoimento de Vinicius Júnior

No tribunal de Madri, Vinicius Júnior descreveu os insultos racistas que recebeu durante a partida entre o Valencia CF e o Real Madrid CF na temporada passada. Ele alegou que esses insultos não se limitaram a uma minoria de torcedores, mas foram proferidos por torcedores de todo o estádio Mestalla. Essa declaração gerou controvérsia e provocou a resposta do Valencia CF.

A Reação do Valencia CF

O Valencia CF expressou sua forte discordância com as afirmações de Vinicius Júnior. O clube argumenta que o incidente não ocorreu da forma descrita pelo jogador e que tais generalizações não são apropriadas.

O treinador do Real Madrid na época, Carlo Ancelotti, já havia pedido desculpas publicamente pelo incidente e reconhecido que não foi toda a torcida que proferiu os insultos racistas. O Valencia CF acredita que o caso já havia sido encerrado após a declaração de Ancelotti.

O Valencia CF ressaltou a gravidade do racismo no futebol e na sociedade, reafirmando seu compromisso em combater essa prática discriminatória.

No entanto, o clube argumenta que o racismo não pode ser combatido com a propagação de informações incorretas ou infundadas. O Valencia CF defende a precisão e a responsabilidade nas declarações relacionadas a assuntos tão sérios.

Exigência de Retificação

O Valencia CF enfatiza que seus torcedores não podem ser rotulados como racistas e, por isso, exige que Vinicius Júnior faça uma retificação pública de suas alegações feitas durante o depoimento. O clube acredita que a retificação é necessária para evitar generalizações prejudiciais que possam manchar a reputação de seus torcedores.

O caso ressalta a sensibilidade e a complexidade das questões relacionadas ao racismo no futebol e destaca a importância de uma abordagem precisa e responsável ao tratar desse problema. O Valencia CF espera que a retificação de Vinicius Júnior contribua para um diálogo mais construtivo e esclarecedor sobre essa questão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *