24 de outubro de 2021

Agora Esportes

As principais notícias do esporte

The Playoffs – Tyler Herro quer recuperar melhor forma na NBA

Após uma excelente temporada de calouro, Tyler Herro apresentou um basquete irregular no último ano com o Miami Heat. Mas o terceiranista quer provar seu talento a partir de outubro.

“Estou pronto para dar a volta por cima. Eu senti as expectativas obre mim na última temporada e muitas pessoas estão me deixando de lado. Vou acordá-los como eu fiz na bolha em meu primeiro ano”, disse Herro em entrevista ao repórter Barry Jackson do Miami Herald.

Grande parte dessa confiança de Herro se deve a alguns acontecimentos na vida do armador durante essa offseason. Como por exemplo, os 4,5 quilos de massa muscular ganhos.

“Eu e Spo (Erik Spoelstra, técnico do Heat) nos encontramos antes da offseason começar e definimos alguns objetivos que seriam bons para mim. Ganhar essa massa muscular era um deles”, continuou Herro.

Para conseguir essa meta, o armador trabalhou com o treinador de força do Heat, Eric Foran, dentro de uma dieta calórica, além de treinos diários de musculação e arremessos.

“Estou bem para enfrentar os marcadores. Me sinto mais rápido, forte e ligeiro. Evolui em todas as área. Fiz dois treinos todo dia no verão, tentando deixar meu arremesso perfeito”, avaliou o armador.

Dentro desse esquema de treinos, Herro trabalhou em específico na mecânica dos arremessos. Na última temporada, o armador viu seu aproveitamento dos três pontos cair de 38,9% para 36%.

“Nós observamos vídeos e tentamos entender o que estava de errado nesses chutes. Então comecei a mover a bola um pouco para a direita e pulando em todos os arremessos. Quando estou no meu melhor, sou um dos melhores arremessadores da liga”, disse Herro.

Durante essa semana, Spoelstra comentou sobre Herro em uma entrevista coletiva e disse que “tudo no primeiro ano são rosas, cumprimento e sorrisos fáceis. Tudo que ele fez foi grande. Se você olhar as estatísticas no último ano ele melhorou em muitos quesitos”.

Esse esforço feito durante o verão demonstra como Herro está mais forte mentalmente para a próxima temporada, algo que o próprio armador admitiu que foi um ponto fraco em 2020.

“Eu só precisava de um pouco de tempo para desligar do jogo em uma offseason com período normal. Quando você se afasta de algo, acaba sentindo falta e eu estou amando isso. Tirar algumas semanas de folga, voltar ao trabalho e se ver satisfeito por estar pronto para o início da temporada. Minha mente está no lugar aonde deve”, analisou Herro.

O Heat já anunciou que irá exercer a cláusula automática de renovação para a temporada 2022-2023 no valor de US$ 5,7 milhões, sendo que em 2023-2024 o armador poderá testar pela primeira vez o mercado de agentes livres.

Mas para a próxima temporada, Herro está confiante não apenas em seu potencial, mas também em como o Miami Heat pode se apresentar dentro da NBA.

“Eu realmente estou ansioso para esse ano. Seja como armador, ala-armador, sexto home, titular, o que for, estarei aqui para impactar e ajudar o time a vencer o campeonato. Nosso elenco parece muito bom no papel e podemos competir contra qualquer um”, prosseguiu Herro.

Fora das quadras a vida de Herro também teve importantes mudanças nessa offseason, sendo a mais importante o nascimento de Zya Elise Herro, filha do armador com Kayta Elise Henry.

“Me tornei mais humilde quando me tornei pai, tendo que estar com ela todo dia. Ser hábil para dar suporte para ela e minha namorada. Estou muito ansioso para ter uma criança e ela coloca um sorriso no meu rosto sempre. É isso o que importa”, completou o armador.

E toda essa offseason agitada teve a cobertura da empresa Overtime no documentário Super Herro Summer, que acompanhou Herro durante o mês de junho.

O documentário terá seis episódios de dez minutos e mostra diversos momentos de Herro como os treinos em Wisconsin, uma visita do atleta a família em Milwaukee e uma viagem ao Kentucky para reencontrar o técnico John Calipari e outros amigos do período universitário.

Outro momento captado pelo documentário foi quando uma fã tentou tirar uma foto com Herro, mas esqueceu de puxar o freio de mão do carro, que seguiu sozinho até acertar um prédio.

“Ela nunca pegou um autógrafo ou uma foto porque saiu correndo sem avisar”, finalizou o armador.

Além de Herro, a Overtime também fez um documentário de seis episódios com o calouro do Detroit Pistons, Cade Cunningham. Ambos estarão disponíveis no canal no YouTube da empresa.

Foto: Reprodução/Twitter Miami Heat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *