Agora Esportes

As principais notícias do esporte

História do Athletico

O Club Athletico Paranaense, conhecido também como Athletico-PR ou Athletico, tem como sigla CAP, é um time de futebol de Curitiba, capital do Paraná. A agremiação foi fundada em 26 de março de 1924, devido à combinação do International Foot-Ball Club e do América Futebol Clube.

As cores tradicionais são o preto e vermelho, que resultaram no apelido rubro-negro. O time costuma realizar os seus jogos como mandante no Estádio Joaquim Américo Guimarães, mais conhecido como Arena da Baixada, que passou por duas reformas. Em 1999, o estádio foi totalmente reconstruído e em 2014, visando se ajustar aos critérios da Fifa para receber partidas da Copa do Mundo de 2014.

No estado, o clube é o único que já levantou troféus internacionais oficiais, a Copa Sul-Americana de 2018 e de 2021, além da Levain Cup/CONMEBOL de 2019, bem como o único a também comemorar uma Copa do Brasil. Além disso, o Furacão foi o primeiro a estar em um torneio nacional, a Taça Brasil de 1959, e ter sido finalista da Copa Libertadores, em 2005.

A lista de principais feitos do Athletico contempla Levain Cup (2019), duas Copas Sul-Americana (2018 e 2021), um Campeonato Brasileiro (2001), uma Copa do Brasil (2019), uma Seletiva para a Libertadores (1999) e outros 26 títulos paranaenses, tendo disputado mais de 4 545 jogos em sua história.

Na soma das conquistas oficiais nacionais e internacionais de times brasileiros, sem considerar as conquistas de alcance estadual e regional, em 2019, o clube paranaense aparecia como o mais vencedor entre os não-fundadores do Clube dos 13, cujos membros fundadores são frequentemente considerados os principais times do Brasil, então ocupando a 12.ª posição.

História do Athletico Paranaense - Baixada do Água Verde
FOTO: site oficial do Athletico Paranaense

Resumo da história

Portanto, é até os dias de hoje o único time não fundado a ter superado integrantes fundadores em títulos nacionais e internacionais. Em ranking de valor de marca de times de futebol divulgado em 2022 por consultoria especializada (Sports Value), o Athletico é a quinta marca mais valiosa (1,966 Bilhões) do Brasil e a primeira da Região Sul.

Conforme um estudo anunciado no ranking da IFFHS (Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol) o Athletico foi eleito o 10.º melhor clube do mundo em 2021. Em relação às rivalidades, o Furacão tem o Coritiba como principal adversário, realizando um dos clássicos de maior relevância no cenário nacional. O Paraná também desponta como adversário local do Athletico, cujo duelo se chama Paratico ou Derby da Rebouças.

Nasce o Athletico Paranaense
FOTO: site oficial do Athletico Paranaense

Hino Oficial do Athletico Paranaense

Athletico! Athletico!

Conhecemos teu valor!

E a camisa rubro-negra

Só se veste por amor!

 

E a camisa rubro-negra

Só se veste por amor!

 

Vamos marchar, sempre cantando

O hino do Furacão

E no peito ostentando

A faixa de campeão

 

Athletico! Athletico!

Conhecemos teu valor!

E a camisa rubro-negra

Só se veste por amor!

 

E a camisa rubro-negra

Só se veste por amor!

 

O coração athleticano

Estará sempre voltado

Para os feitos do presente

E as glórias do passado

 

Athletico! Athletico!

Conhecemos teu valor!

E a camisa rubro-negra

Só se veste por amor!

 

E a camisa rubro-negra

Só se veste por amor!

 

À tradição, vigor sem jaça

Nos legou o sangue forte

Rubro-negro é quem tem raça

E não teme a própria morte

 

Athletico! Athletico!

Conhecemos teu valor!

E a camisa rubro-negra

Só se veste por amor!

 

E a camisa rubro-negra

Só se veste por amor!

E a camisa rubro-negra

Só se veste por amor!

Patrimônio do Athletico Paranaense

O dia 26 de maio de 1995 representa um dos dias mais memoráveis da história do Furacão. Em uma reunião neste dia, a diretoria optou por revolucionar o clube: uma comissão gestora, liderada por Mario Celso Petraglia, foi criada e adotou uma nova mentalidade no clube. Dois anos depois, a arena começou a ser erguidas em um projeto ousado e inovador para a época.

A inauguração ocorreu em 24 de junho de 1999. Após um ano e meio, os torcedores voltavam ao seu santuário para testemunhar um triunfo em cima dos paraguaios do Cerro Porteño. O primeiro gol d anova casa foi anotado pelo atacante Lucas. Lembrando que o estádio recebeu partidas da Copa do Mundo sendo considerado um dos mais modernos do continente com gramado sintético.

Arena da Baixada - Estádio Joaquim Américo Guimarães
FOTO: site oficial do Athletico Paranaense

Com uma área total de 220.000 m², o Centro Administrativo e Técnico Alfredo Gottardi (CAT do Caju) oferece estrutura adequada para todas as categorias de formação e elenco profissional do clube. O complexo tem oito campos (incluindo um miniestádio), campo para goleiros, áreas específicas para desenvolvimento de habilidades motoras, ginásio coberto, dois hotéis, dois restaurantes e lavanderia. O espaço inclui ainda duas piscinas térmicas e ampla academia.

Além disso, o local possui infraestrutura a altura dos melhores clubes do planeta para a formação de novos valores, bem como para prevenção de lesões com medicina do esporte e capacitação de profissionais no segmento do futebol. É referendado como exemplo para clubes do país e do exterior.

CAT do Caju - Centro Administrativo e Técnico Alfredo Gottardi
FOTO: site oficial do Athletico Paranaense

Ídolos do Furacão

No decorrer de sua história vencedora, o Furacão recebeu jogadores que marcaram com gols e glórias em suas respectivas passagens. A lista inclui Sicupira, Jackson, Kléber Pereira, Marreco, Cireno, Valter, Paulo Rink, Guará, Alex Mineiro, Adriano Gabiru, Thiago Heleno Caju, Alberto Valentim, Assis, Bellini, Deivid, Fernandinho, Flávio, Ilan, Zé Roberto, Weverton, Ziquita, entre outros.

Ídolos na história do Athletico Paranaense
FOTO: site oficial do Athletico Paranaense

Escudo do Athletico Paranaense

O símbolo do Athletico é formado por um monograma (CAP) em cima do escudo. O emblema passou por algumas alterações, entre a fundação e a década de 1980. O formato das listras eram horizontais, com uma pequena exceção em 1934, quando um escudo sem as listras pode ser observado em registros da época.

Todavia, o clube passou por uma verdadeira transformação na sua identidade de marca em 2018. O nome “Clube Atlético Paranaense”, utilizado desde a década de 1950, deu lugar à denominação original “Club Athletico Paranaense”. A substituição oportunizou o encerramento das confusões com outros Atléticos no cenário nacional, como Clube Atlético Mineiro e o Atlético Clube Goianiense.

Além do novo nome, o time também anunciou um novo escudo, modernizando o visual com linhas paralelas e ascendentes nas cores da equipe e com uma forma que remete a um furacão, do Athletico, acima com acrônimo CAP. O escudo engloba ainda elementos da bandeira do estado do Paraná e o conceito de crescimento.

Escudo do Athletico Paranaense
FOTO: site oficial do Athletico Paranaense

Mascote do Furacão

Mascote Família Furacão do Athletico Paranaense

A partir da realização dessa modernização da marca do Furacão em 2018, foi criada a Família Furacão, novos mascotes formados por marido, esposa, dois filhos e o Fura-Cão, o cachorro da família, substituindo o tradicional mascote o “cartola”, que até então era escolhido por causa dos trajes que os antigos torcedores da elite de Curitiba utilizavam nas partidas do Furacão (fraques, cartolas, polainas, etc).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *