Agora Esportes

As principais notícias do esporte

História do Botafogo

No dia 1º de julho de 1894, surgiu na praia de Botafogo o Club de Regatas Botafogo, que recebeu esse nome em homenagem à enseada do barco onde competiam os seus barcos. Em 1899, surgiu uma lenda nas águas da Baía de Guanabara, a embarcação botafoguense Diva, que ganhou todas as 22 regatas que disputou, se sagrou campeã carioca. Em razão desse título, o Botafogo é o único clube do Brasil campeão de três séculos.

Vale salientar que o clube também foi o primeiro time carioca vencedor brasileiro de algum esportivo: de remo, em um torneio promovido no Rio de Janeiro em outubro de 1902, com a vitória do atleta Antônio Mendes de Oliveira Castro, que anos mais tarde viria a se tornar presidente do clube.

Os fundadores do Club de Regatas Botafogo: Alberto Lisboa da Cunha, Arnaldo Pereira Braga, Arthur Galvão, Augusto Martins, Carlos de Souza Freire, Eduardo Fonseca, Frederico Lorena, Henrique Jacutinga, João Penaforte, João Teixeira, José Maria Dias Braga, Julio Kreisler, Julio Ribas Junior, Luís Fonseca Quintanilha Jordão, Oscar Lisboa da Cunha e Paulo Ernesto de Azevedo.

História do Botafogo de Futebol e Regatas

Em 1904, no bairro de Botafogo se criou um novo time de futebol, o Electro Club, primeiro nome dado ao Botafogo Football Club. A agremiação surgiu de uma conversa entre dois amigos durante uma aula: Flávio Ramos e Emmanuel Sodré. A primeira partida aconteceu em 2 de outubro de 1904, contra o Football and Athletic Club, na Tijuca: derrota por 3 x 0.

A primeira vitória viria no segundo jogo, em 21 de maio de 1905, sobre o Petropolitano, 1 a 0, gol de Flávio Ramos. No ano seguinte, o clube participou do primeiro Campeonato Carioca e cravou seu nome na história ao virar o primeiro campeão.

Na década de 30, outra época gloriosa. A equipe faturou o tetracampeonato carioca, de 1932 a 1935, feito inédito no Rio de Janeiro. Desse modo, nascia o Botafogo Football Club, que depois de 38 anos de existência uniu-se ao outro Botafogo, o de Regatas, dando início ao Botafogo de futebol e Regatas.

Fundadores: Álvaro Werneck, Arthur Cesar de Andrade, Augusto Paranhos Fontenele, Basílio Viana Junior, Carlos Bastos Neto, Emanuel de Almeida Sodré, Eurico Viveiros de Castro, Flávio da Silva Ramos, Itamar Tavares, Jacques Raimundo Ferreira da Silva, Lourival Costa, Octávio Werneck, Vicente Licínio Cardoso.

Resumo da história: fusão e SAF do Botafogo

O Botafogo de Futebol e Regatas nasceu oficialmente no dia 8 de dezembro de 1942, em função fusão de dois clubes com o mesmo nome: o Club de Regatas Botafogo e o Botafogo Football Club. Os dois clubes tinham suas sedes no bairro de Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, e se uniram após uma dramática situação.

Com a junção das forças somente três modificações foram feitas: a bandeira perdeu o escudo letras entrelaçadas do BFC e ganhou a Estrela Solitária do Club de Regatas Botafogo; o time adotou os calções pretos e a bandeira ganhou um retângulo preto, com uma estrela branca ao alto. A primeira conquista chegou seis anos depois, em 1948, com Carlito Rocha como presidente e o cachorro Biriba como mascote, superou em General Severiano o lendário Expresso da Vitória, do Vasco da Gama. Os anos que se seguiram foram marcados por vitórias e ídolos.

SAF Botafogo

No entanto, a situação atual do Botafogo se caracteriza pelo processo de reconstrução com a criação da SAF (Sociedade Anônima do Futebol). No começo deste ano, o empresário John Textor assinou um contrato definitivo para aquisição de 90% das ações da SAF. Em um primeiro momento, ele injetou 50 milhões de reais.

Essa quantia foi destinada para acabar com dívidas com o grupo de jogadores a curto prazo. Conforme o acerto, Textor deve colocar mais 400 milhões de reais no Botafogo, todavia, pode investir ainda se achar relevante e quiser deixar o Fogão ainda mais forte. O empresário ajudou o time anunciar jogadores importantes e escolheu o português Luís Castro para comandar a equipe a partir de agora.

Hinos do Clube

Mesmo que seja a versão mais conhecida, essa música composta por Lamartine Babo não é o hino oficial do Botafogo. De acordo com o site oficial, o Fogão conta com dois hinos oficiais, um dedicado ao futebol e o outro ao remo (os dois principais esportes do clube).

“Botafogo, Botafogo, campeão desde 1907

Foste herói em cada jogo, Botafogo

Por isso é que tu és e hás de ser

Nosso imenso prazer

Tradições aos milhões tens também

Tu és o Glorioso,

Não podes perder, perder pra ninguém.

Noutros esportes tua fibra está presente

Honrando as cores do Brasil de nossa gente

Na estrada dos louros, um facho de luz

Tua Estrela Solitária te conduz”

Hino oficial do Botafogo de Octacílio Gomes e música de Eduardo Souto

“Botafogo Gentil!

Pura Glória do esporte brasileiro

A expressão mais viril

Da energia e do brio verdadeiro!

A lutar com afã

Tu farás, corrigindo a juventude,

Que o Brasil de amanhã

Seja a pátria da força e da saúde

Teu futuro e teu passado

Defendidos sem repouso

Façam sempre respeitado

Esse teu nome glorioso!

O alvinegro pendão,

O caminho a apontar-nos da vitória

Do Cruzeiro o clarão

As estrelas traduza a nossa glória!

Não te falte jamais

Da ousadia a nobreza e o puro fogo

Que o primeiro, entre os mais,

Há de ser ó glorioso Botafogo

(estribilho: Teu futuro e…)”

Torcida do Botafogo

Hino oficial do Club de Regatas Botafogo feito por Alberto Ruiz e Theóphilo Magalhães

“Salve! Ó Club,

dos mais-mais antigo,

que na glória e fama és sublime,

o esplendor do teu vulto se exprime

pela força que vive contigo.

Botafogo qual nave imensa?

De velas pandas sobre o mar?

Nao há perigo que não vença?

Para as vitórias alcançar.

Nem há mais que em valor os iguale?

Na defesa da Estrela Isolada?

Que guarnece a bandeira adorada?

Que à da patria gentil equivale. “

Ídolos

Com o centenário de seu time de futebol marcado em 2004, o Botafogo resolveu eleger o seu time do século. Com tantos craques e jogadores memoráveis, o clube acabou anunciando um time composto por 13 jogadores: Manga, Nilton Santos, Sebastião Leônidas, Marinho Chagas, Carlos Alberto Torres, Heleno de Freitas, Garrincha, Didi, Gerson, Jairzinho, PC Caju, Quarentinha e Amarildo. Zagallo foi escolhido como treinador.

História do Botafogo

Além disso, o Botafogo se orgulho por expor os rostos de seus ídolos no Muro dos Ídolos, em frente a Sede de General Severiano. Os craques homenageados são: Flávio Ramos, Mimi Sodré, Carvalho Leite, Heleno de Freitas, Nilton Santos, Garrincha, Didi, Quarentinha, Roberto Miranda, Amarildo, Jairzinho, Zagallo, Gerson, Sebastião Leônidas, Marinho Chagas, Carlos Alberto Torres, Nilson Dias, Nei Conceição, PC Caju, Afonsinho, Carlos Roberto, Adalberto, Manga, Wagner, Jefferson, Mendonça, Alemão, Mauricio, Mauro Galvão, Paulinho Criciúma, Gonçalves, Sérgio Manoel, Wilson Gottardo, Túlio Maravilha, Donizete, Sandro, Túlio, Seedorf e Loco Abreu.

Jogadores da História do Botafogo

Patrimônio

Hoje em dia, o Fogão tem sete sedes distribuídas por Rio de Janeiro e Niterói (e está em construção o futuro Centro de Treinamento, localizado na zona oeste do Rio de Janeiro); nelas se dividem as atividades do clube: seus esportes, administração, jogos e eventos.

A lista conta com:

  1. O Campo de General Severiano,
  2. Mourisco Mar (sede de esportes aquáticos do Botafogo),
  3. Sacopã (a sede náutica do Botafogo na Lagoa Rodrigo de Freitas, ponto turístico da cidade),
  4. Marechal Hermes (instalações das categorias de base),
  5. Caio Martins (estádio sob concessão do Botafogo),
  6. Sede Campestres de Jacarepaguá;
  7. Estádio Nilton Santos.
Estádio Nilton Santos
Botafogo x Vasco pelo Campeonato Brasileiro no estadio Nilton Santos. 21 de Junho de 2017, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo.

Cabe salientar que o sonho do clube de ter o seu próprio estádio se tornou realidade em 2007, quando ganhou a licitação promovida pela prefeitura com o Nilton Santos. O time, então, passou a realizar os seus jogos como mandante no lugar, além de administrá-lo e explorá-lo comercialmente.

Escudos

O primeiro escudo do clube foi o do Club de Regatas Botafogo que, ainda de não ser oficial, era bastante utilizado popularmente. Nele, estavam representados a estrela (considerada, já na época, símbolo máximo do Botafogo), os remos e as iniciais do clube CRB entrelaçadas.

Escudo do Botafogo

A partir da fusão e da consolidação do Botafogo de Futebol e Regatas, o escudo passou por mudanças até ganhar o formato atual. Ele permaneceu com o formato suíço do BFC, mas ganhou, no lugar das letras, a famosa Estrela Solitária. Outras alterações aconteceram no fundo, preto, e no contorno que antes era composto somente uma linha negra e teve dois contornos: o de dentro branco e o de fora negro.

Mascotes

O grande mascote do Botafogo é o cachorro, que teve origem no mandato do então presidente, e muito supersticioso, Carlito Rocha. O pequeno cachorro de nome Biriba, que pertencia ao zagueiro botafoguense Macaé, foi considerado um dos símbolos da conquista de maneira invicta do Campeonato Carioca de 1948.

O cachorrinho participou de todas as partidas na competição e em 19 partidas foram 17 vitórias e apenas dois empates, encerrando um jejum de 13 anos sem conquistas e fazendo com que a torcida botafoguense ganhasse o apelido de “cachorrada”. Atualmente, dois mascotes caninos estão sempre presente nas partidas do Fogão: Biriba e Biruta sempre estão presentes para animar a garotada alvinegra!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *