Agora Esportes

As principais notícias do esporte

História do Juventude

O Esporte Clube Juventude foi fundado em 29 de junho de 1913, por 35 jovens caxienses apaixonados por futebol. As cores definidas para representar o clube foram branco e verde, que seguem desde aquele período. Rapidamente, o time alcançou uma solidez esportiva e estrutural, vencendo as competições municipais e regionais. Em 1919, o presidente Dante Marcucci comprou o campo de jogo do Juventude, que passou a se chamar Quinta dos Pinheiros.

Em 1926, a equipe tornou-se heptacampeão do campeonato de Caxias do Sul, elevando ainda mais seu prestigio em todos os cantos do Rio Grande do Sul. Já na década de 1954, o Juventude é convidado a fazer parte da divisão de honra, o atual Campeonato Gaúcho, elaborado pela Federação Rio-grandense de desportos (atual FGF).

Por isso, a Quinta dos Pinheiros passa por uma reformada e recebe o nome de “Estádio Alfredo Jaconi”, em homenagem a um dos maiores ídolos da história do clube, falecido em 1952. O estádio é reformando em 1975, levando dois anos para que todos os ajustes fossem feitos, na época de gestão de presidente Willy Sanvitto. Desde então, o estádio ficou conhecido por ser um dos mais modernos e funcionais do Brasil.

Em 1976, o Juv se sagrou bicampeão da Copa Governador, alcançando o direito de estrear no Campeonato Brasileiro. Na temporada seguinte, o clube disputa a competição pela primeira vez na sua história. Em 1993, o clube fechou uma parceria com a Parmalat e vivenciou uma verdadeira transformação.

Resumo da história do Juventude

No ano seguinte, a equipe supera o Goiás por 2 a 1, levanta a taça da Série B e conquista o acesso a elite do futebol nacional. Também chegou às finais do Campeonato Gaúcho, perdendo para o Internacional na final. Três anos depois, o Juventude realiza a sua melhor campanha no Brasileirão, terminando na quinta colocação e se classificando na Conmebol, atual Taça Sulamericana.

História do Juventude
FOTO: site oficial do Juventude

 

Em 1998, a equipe de Caxias quebra a hegemonia de mais de meio século dos times da capital do estado e vence o Campeonato Gaúcho de maneira invicta. No ano seguinte, o Juventude vence o Botafogo em pleno Maracanã lotado e fica com o título da Copa do Brasil. Devido a conquista, a equipe ganha uma vaga e disputa a Libertadores da América em 2000.

História do Juventude Campeão da Copa do Brasil
FOTO: site oficial do Juventude

 

Em 2013, a torcida do Juventude festeja um século de história desde a sua fundação. Na mesma temporada, o time obtém o acesso para a Série do Brasileiro e a equipe Sub-20 levanta a taça do Gaúcha da categoria. Na última temporada, o Juventude assegurou seu retorno a primeira divisão depois de 13 anos. O jogo decisivo foi contra o Guarani, fora de casa, pela última rodada.

O Verdão ganhou por 1 a 0, gol de Renato Cajá. Nas 38 rodadas, o Verdão somou 61 pontos, sendo 17 vitórias, 10 empates e 11 derrotas e terminou a competição na 3ª posição. Agora, o objetivo do Juventude é se manter longe da zona de rebaixamento e permanecer na elite do futebol brasileiro.

Hino Oficial

O Esporte Clube Juventude foi composto em 7 de fevereiro de 1939 com música de Rodolfo Storchi e Letra de Ernani Falcão.

Nossas almas em festa saúdam

Esse clube de real tradição

Na mais sã alegria se escudam

Entoando esta marcha canção

 

Juventude, um passado de glórias

Teu nome querido tornou

És um clube de muitas vitórias

Que a cidade em orgulho deixou

 

Hino 100 anos

Música em comemoração aos 100 nos do Esporte Clube Juventude.

Juventude, Alviverde do meu coração

Tu és glória, força, raça e paixão

São 100 anos, de histórias e consagrações

Vamos vamos juntos Jaconero, mostrar pro mundo inteiro que nós somos campeões

 

Juventude, Alviverde do meu coração

Tu és glória, força, raça e paixão

São 100 anos, de histórias e consagrações

Vamos vamos juntos Jaconero, mostrar pro mundo inteiro que nós somos campeões

 

1913 foi dada a inspiração

O verde da esperança, nos trouxe a taça na mão

94, 98, 99 também, já conquistamos o estado e o Brasil

O que virá nos outros 100?

Já conquistamos o estado e o Brasil

O que virá nos outros 100?

 

Juventude, Alviverde do meu coração

Tu és glória, força, raça e paixão

São 100 anos, de histórias e consagrações

Vamos vamos juntos Jaconero, mostrar pro mundo inteiro que nós somos campeões

Ídolos

Com uma história centenário, o Juventude partiu de um clube municipal para disputar a Série A do Brasileiro e até competições internacionais. Por isso, a lista de jogadores marcantes na sua história é longa com nomes como Adailton, Alex Alves, Alex Telles, Alfredinho, André, Antônio Carlos, Camazzola, Capone, Cuca, Celso Roth, Dante, Diego, Doni, Dorival Júnior, Elias, Felipão, Galeano, Itaqui, Lauro, Levir Culpi, Lopes, Lucas Novaes, Marcão, Mário Tilico, Maurilio, Michel Alves, Mineiro, Mirim, Naldo, Ricardo Gomes, Rodrigo Gral, John Tibbitz, entre tantos outros.

Patrimônio

A casa do Juventude é o Estádio Alfredo Jaconi, cujo o nome serve para lembrar Alfredo Jaconi, jogador laureado, vencendo com a equipe nove títulos do Citado, posteriormente atuando como técnico, massagista, conselheiro, secretário, tesoureiro e diretor de campo, além de dois mandatos presidenciais em 1929 e 1952. O primeiro estádio foi erguido em madeira nos anos 1940 e recebeu o nome de “Quinta dos Pinheiros”. Na metade da década seguinte, o nome atual foi adotado. Esse primeiro estádio foi demolido no começo dos anos 1970.

Além do seu próprio estádio, o Verdão do Rio Grande do Sul também possui um Centro de Treinamento, o Centro de Formação de Atletas e Cidadãos, o CFAC, erguido em 2008. O local conta com 29 hectares, miniestádio com arquibancada, quatro campos de futebol, pavilhão com duas quadras de futebol society e vestiários.

Estrutura do Esporte Clube Juventude
FOTO: FOTO: site oficial do Juventude

Escudo do Juventude

O escudo do Juventude tem formato circular com o ano de fundação (1913) e o nome completo do clube em destaque na cor verde em um fundo branco. Com listras verdes para forjar a imagem de uma bola, o emblema também possui duas estrelas na parte de cima, destacando os títulos mais relevantes do time gaúcho.

Escudo do Juventude
FOTO: site oficial do Juventude

Mascote do Verdão

Mascote do Verdão
FOTO: site oficial do Juventude

A torcida do Juventude sempre foi fanática pelas cores do clube e o mascote oficial do Juventude, o Papagaio. Por isso, o mascote faz a alegria da criançada quando aparece nos jogos disputados em casa visando animar a torcida visando incentivar ainda mais os jogadores dentro das quatro linhas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *