17 de outubro de 2021

Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Onde estão os jogadores que venceram a Libertadores

5 min read
Onde estão os jogadores que venceram a Libertadores

Crédito: Daniel Augusto Jr. / Corinthians

Há quase dez anos, o capitão do Corinthians, Alessandro, levantava a taça da Libertadores de maneira invicta. Após todo esse tempo, você ainda se lembra quem eram e o que fazem atualmente os campeões inéditos do continente em 2012?

Confira abaixo os 11 titulares e os principais reservas da histórica campanha:

Cássio (goleiro)

Clube atual: Corinthians

Cássio se consagrou com defesa histórica em finalização de Diego Souza, na partida contra o Vasco, nas quartas de final. O goleiro substituiu Julio César, hoje no RB Bragantino, na titularidade a partir das oitavas de final, contra o Emelec.

Cássio ganhou o prêmio de melhor goleiro no Mundial de Clubes da FIFA do mesmo ano, e caiu de vez nas graças da torcida. O jogador de 34 anos alcançou recentemente a marca de 400 jogos com o manto alvinegro.

Foto: Lintao Zhang/Getty Images

Alessandro (lateral-direito)

Aposentado desde 2013, Alessandro continuou trabalhando nas dependências do clube paulista desde àquela época, porém, como dirigente esportivo. O capitão das conquistas da Libertadores e Mundial se despediu com 14o partidas do Timão.

Em toda a fase de grupos, devido à uma lesão, Alessandro foi substituído por Edenilson, que está hoje no Internacional.

Chicão (zagueiro)

O zagueiro se aposentou em julho de 2016, após passagem pelo Delhi Dynamos, da Índia. Em agosto de 2013, Chicão deixou o Corinthians para fechar com o Flamengo.

Com 42 gols marcados, Chicão é o segundo zagueiro com mais gols pelo clube, atrás apenas de Grané, com 49.

Leandro Castán (zagueiro)

Clube atual: Vasco da Gama

Castán deixou o Corinthians logo após a conquista da Libertadores, para jogar na Roma, da Itália. Após sete temporadas difíceis na Europa, por conta de uma cirurgia no cérebro, o jogador retornou para o Vasco, clube que é capitão atualmente.

Fábio Santos (lateral-esquerdo)

Clube atual: Corinthians

Um dos maiores vencedores da história do Corinthians, Fábio Santos se manteve no clube até 2015, quando foi transferido ao Cruz Azul, do México. Pouco tempo depois, voltou ao Brasil para jogar no Atlético-MG. Após passagem de quatro anos no Galo, Fábio Santos voltou para o Timão.

Junto com Cássio, é o remanescente do elenco de 2012 que ainda atua pelo clube.

Ralf (volante)

Clube atual: Sem clube

Veterano de 37 anos está sem clube, após passagem rápida pelo Avaí. Com 437 partidas, Ralf não teve seu contrato renovado e se despediu do Corinthians no início de 2020. Nesse meio tempo, o volante ainda atuou pelo Beijing Guoan, da China, entre 2016 e 2018.

Ralf também tem a incrível estatística de nunca ter sido expulso com a camisa do Corinthians.

Paulinho (volante)

Clube atual: Sem clube

Paulinho foi o jogador que se deu melhor daquele elenco. Deixou o Corinthians após a conquista da Recopa Sul-Americana, em 2013, para ir até o Tottenham.

O volante ‘flopou’ no clube inglês e foi transferido ao Guangzhou Evergrande, da China, e se destacou a ponto de conseguir ser contratado pelo Barcelona. Após uma temporada e meia no Barça, Paulinho retornou ao Guangzhou. Hoje, o jogador está sem clube, após passagem discreta pelo Al-Ahli.

Paulinho tem 132 gols e 55 assistências em 491 jogos disputados na carreira.

Foto: Divulgação/Corinthians

Alex (meia)

Responsável pelas bolas paradas do Coringão, Alex deixou o clube logo após a conquista da Libertadores, e partiu para o Al-Gharafa, do Catar. Em 2013, o meia voltou para o clube que é ídolo, o Internacional. Em 2017, Alex pendurou as chuteiras.

Desde fevereiro de 2021, Alex atua na Coordenação de Categoria de Base do Corinthians.

Danilo (meia)

Quem diria que uma contratação discreta feita em 2010 daria tanto resultado? Danilo se tornou um dos maiores ídolos do Corinthians, após nove anos de clube. Pelo Corinthians, foram oito títulos, 35 gols e 32 assistências em 241 jogos.

Em janeiro de 2019, o meia foi para o Vila Nova, e por lá se aposentou alguns meses depois. Hoje, Danilo é treinador das categorias de base do Corinthians.

https://todopoderosotimao.com/p_idolos/danilo.php

Jorge Henrique (atacante)

Clube atual: Brasiliense

O motorzinho do ataque deixou o Corinthians em 2013. Passou por Internacional, Vasco, Figueirense e Náutico, até chegar ao Brasiliense.

Aos 39 anos, Jorge Henrique deve se aposentar ao fim desta temporada.

Emerson Sheik (atacante)

Autor dos dois gols na final contra o Boca Juniors, Sheik jogou por Botafogo, Flamengo e Ponte Preta.

Entre idas e voltas, o atacante se aposentou no Corinthians em 2018. Sua última partida foi um empate em 0 a 0 contra a Chapecoense, pela 37ª Rodada do Campeonato Brasileiro. Em 127 jogos pelo Timão, Sheik somou 28 gols e 19 assistências.

Emerson Sheik trabalha atualmente como comentarista esportivo para o Arena SBT.

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Tite (treinador)

Em 2013, Tite tirou um ano sabático para aperfeiçoar seus métodos, e retornou em 2015 para o Corinthians. Ficou até 2016 no clube paulista, quando recebeu a proposta de treinar a seleção brasileira.

Tite já caminha para 6 anos treinando o Brasil, e provavelmente será o técnico da seleção para a Copa do Mundo de 2022.

Pelo Corinthians foram seis títulos: Campeonato Brasileiro (2011 e 2015), Libertadores (2012), Mundial (2012), Campeonato Paulista (2013) e Recopa (2013).

Marquinhos (zagueiro)

Na época, com 17 anos, o zagueiro pegou a camisa 10 de Adriano Imperador. Sem jogar nenhuma partida naquela Libertadores, Marquinhos se destacou quando foi transferido à Roma da Itália. Em 2013 assinou com o PSG e criou muita identificação com o clube, estando lá até hoje.

Paulo André (zagueiro)

Paulo André jogou por dois clubes da China logo após ser titular no Mundial de 2012. De lá, foi para o Cruzeiro e depois para o Athletico Paranaense. Se aposentou em 2019, com 36 anos.

Douglas (meia)

Titular ocasional na campanha, Douglas deixou o Corinthians em definitivo no ano de 2015. Jogou por Grêmio e Avaí, antes de se aposentar no Brasiliense em 2020.

Romarinho (atacante)

Romarinho se tornou o xodó da torcida após marcar gol importantíssimo no jogo de ida da final contra o Boca Juniors. Ficou por 3 anos no Al-Jaish, do Catar, 1 ano no Al-Jazira e está no Ittihad, da Arábia Saudita desde 2018.

O atacante de 30 anos vira e mexe é especulado no Corinthians.

Willian (atacante)

Após a Libertadores, Willian foi para o Metalist, da Ucrânia. Depois, teve passagem pelo Cruzeiro e hoje está no arquirrival Palmeiras. Desde 2017 no clube, Willian conquistou títulos importantes.

Liédson (atacante)

Em agosto de 2012, o Levezinho intercalou por Porto e Flamengo, até se aposentar em janeiro de 2014. Liédson sofreu com lesões nas últimas temporadas da carreira, mas é tido como ídolo do Corinthians.

 

 

 

LEIA TAMBÉM

Histórico! Mesmo sem Neymar, Brasil de Tite bate recorde das Eliminatórias; entenda

Neto surpreende e crava dois clubes que irão dominar o futebol brasileiro: ‘Tipo Real Madrid e Barcelona’

Após quase 1.000 jogos, Série A tem comando feminino no VAR pela 1ª vez

Globo corta “bolada” e Galvão Bueno sofre redução salarial; veja valores

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *