27 de novembro de 2021

Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Milan melhora, consegue empate, mas ainda fica em posição crítica na Champions League

O Milan anotou seu primeiro ponto na fase de grupos da Champions League em oito anos nesta quarta-feira, ao arrancar o empate por 1 a 1 no segundo tempo contra o Porto no San Siro, mas não serviu muito para melhorar a sua situação crítica no torneio europeu.

O clube italiano ainda pode terminar a quarta rodada eliminado, caso o Atlético de Madrid vença o Liverpool. Não é o cenário mais provável, mas, independentemente do resultado em Anfield, o Milan ainda precisaria de vitórias contra os dois times mais fortes do grupo, logo depois de conseguir apenas um ponto em dois jogos contra o Porto.

Além dos desfalques de sempre, como o goleiro Mike Maignan e Ante Rebic, o Milan começou o jogo com Simon Kjaer, Franck Kessié e Zlatan Ibrahimovic no banco de reservas para receber o Porto e foi engolido no primeiro tempo. A capacidade física e a pressão alta dos portugueses foram dominantes, e os donos da casa conseguiram a primeira finalização apenas aos 33 minutos.

Àquela altura, estavam perdendo por 1 a 0. O gol começou em uma bola recuperada por Marko Grujic no campo de ataque. Ele tabelou, entrou na área driblando e rolou para Luis Díaz abrir o placar, aos seis minutos. Ciprian Tatarusanu precisou executar duas boas defesas em cabeçadas do volante sérvio para impedir que a desvantagem do Milan ficasse maior.

A primeira chegada do Milan foi criada por mais uma linda jogada de Theo Hernández, costurando pelo meio antes de abrir na direita com Giroud. O atacante francês abriu para a perna esquerda e bateu no alto. Diego Costa foi muito bem no lance para espalmar a escanteio.

O Milan se mostrou melhor desde o começo do segundo tempo. Rafael Leão chegou a driblar o goleiro, mas, desequilibrado, mandou para fora. Estava impedido quando recebeu o lindo passe de Saelemakers de qualquer maneira. O Porto respondeu com uma cabeçada de Evanilson no travessão.

O empate saiu em uma jogada de bola parada. A batida de Bennacer ficou na barreira. Giroud emendou a sobra para outra boa defesa de Diego Costa. O rebote, porém, ficou com Kalulu pela esquerda. Ele bateu cruzado na boca do gol, Chancel Mbemba tentou cortar e acabou marcando contra. Taremi teve a chance de marcar o segundo do porto pouco depois, mas colocou efeito demais na bola.

Ibrahimovic saiu do banco de reservas para os 15 minutos finais, e o Milan precisou para tentar a virada. Chegou a marcar, com Ibra, mas havia impedimento de Theo no começo da jogada. A pressão não produziu o gol que realmente melhoraria a situação italiana na fase de grupos. O empate, pelo menos, gera uma esperança mais palpável de conseguir pelo menos o terceiro lugar e continuar na fase de grupos. Mas até isso não seria tão fácil.

.

.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *