24 de outubro de 2021

Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Pai de Aké morreu minutos depois do filho marcar seu primeiro gol na Champions League

Nathan Aké não tem encarado dificuldades desde que foi contratado do Manchester City. Sua primeira temporada no clube foi limitada a 13 partidas por uma lesão na coxa. Na última quarta-feira, foi titular contra o RB Leipzig e marcou seu primeiro gol na Champions League com uma forte cabeçada. O que era para ser um momento de pura alegria transformou-se em tristeza pela notícia de que o seu pai, Moise, morreu apenas minutos depois de o filho abrir o placar no Etihad Stadium.

Segundo o zagueiro, ele estava muito doente há algumas semanas e não havia mais tratamento possível. A natureza da doença não foi revelada. No começo de setembro, Aké deixou a delegação da seleção holandesa que se preparava para enfrentar a Turquia por motivos pessoais.

“As últimas semanas foram as mais difíceis da minha vida. Meu pai estava muito doente e não havia mais tratamento possível. Eu tive a sorte de ter muito apoio da minha noiva, da minha família e amigos”, afirmou o jogador de 26 anos em uma publicação no seu Instagram.

“Ontem (quarta-feira), após um período difícil, eu marquei meu primeiro gol na Champions League e, apenas alguns minutos depois, ele morreu pacificamente com minha mãe e meu irmão ao seu lado”.

“Talvez fosse para acontecer assim. Me ver jogar sempre o deixou orgulhoso e feliz. Eu sei que você sempre estará comigo. Você sempre estará no meu coração e esse foi para você, pai”, completou.

Formado pelo Feyenoord, Aké chegou à Inglaterra pelo Chelsea e se destacou com a camisa do Bournemouth antes de assinar com o Manchester City para a última temporada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *