Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Atlético-MG define valor bilionário para vender SAF do clube; veja cifras

Atlético-MG define valor bilionário para vender SAF do clube; veja cifras

Crédito: Bruno Cantini/Atlético

O Atlético-MG definiu um valor para a venda da sua SAF, conforme conta o portal GOAL, nesta sexta-feira. De acordo com as informações, o clube mineiro teria estipulado que para vender parte das ações da SAF pela quantia de R$ 2 bilhões.

Além disso, o Galo não tem o desejo de colocar junto ao negócio o seu estádio e nem o Centro de Treinamentos do clube. A SAF (Sociedade Anônima do Futebol) estaria ligada somente ao futebol e sem ter 100% da fatia que, hoje, ainda não tem um investidor.

Nasser Al-Khelaifi, dono do PSG, não vai adquirir a SAF do Atlético. Segundo informações divulgadas pela Rádio Itatiaia, o bilionário chegou a demonstrar interesse em comprar uma porcentagem considerável do Galo, mas saiu da disputa. O repórter Henrique André, da Itatiaia, deu detalhes do negócio.

“De fato houve uma conversa inicial, mas este assunto não avançou. O que sabemos é que esta dupla não irá assumir o Atlético”, disse Henrique André, setorista do Galo, na Rádio Itatiaia.

“A tendência é que um fundo de investimento seja o comprador da SAF do Galo. A intenção da cúpula é que o clube fique com 40% das ações. Os patrimônios (clubes sociais, Cidade do Galo, Arena MRV) ficariam com a associação. Somente o futebol iria para a SAF. Há interessados, são cerca de 16 que assinaram a carta de intenção. Metade deste número, de fato, está na briga. A ideia, a expectativa é que agora em novembro já se tenha uma definição”, completa Henrique.

Dirigente do Atlético-MG fala sobre SAF

O jornal O Tempo conversou com o vice-presidente do Atlético-MG, José Murilo Procópio, e questionou o dirigente sobre a venda da SAF do Galo, no entanto, o assunto foi “desconversado”.

“Só posso garantir que em tempo próprio, essa matéria será amplamente tratada ao nível de nosso Conselho Deliberativo”, disse Procópio sobre a venda da SAF.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *