Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Busquets pode mudar de rumo após Messi fechar com Inter Miami


Crédito: Reprodução/Twitter/Barcelona

Nessa tarde, o Inter Miami confirmou a contratação do atacante argentino Lionel Messi, que saiu do PSG no final de semana. Isso pode acabar tendo influência sobre o destino de um ex-colega do craque, Sergio Busquets. O volante está sem clube desde o término do seu contrato com o Barcelona e ainda não definiu onde irá jogar em 2023/24.

Entre os destinos para Sergio Busquets estavam o Al Nassr e o Al Hilal, ambos da Arábia Saudita e também Toronto e Inter Miami, da MLS. Ele estava em dúvidas quanto ao seu futuro, contudo, segundo informações do jornal “Sport”, a escolha do argentino pelo time da Flórida pode fazer com que seu ex-colega opte por escolher essa equipe também.

Busquets estaria em busca de uma nova experiência, que fosse enriquecedora para ele e também sua família. Dinheiro, apesar de importante, não é a prioridade. Se fosse, ele já teria escolhido uma das opções da Arábia Saudita.

Com isso em mente, pode ser muito bom para Busquets e sua família estar ao lado de Messi e seus familiares em Miami. Ele estaria em meio a uma nova cultura, em uma liga que está evoluindo muito e é mais competitiva do que a que é disputada na Arábia Saudita. Além disso, tem um ambiente mais “saudável” comparado com a do Oriente Médio, que ainda possui problemas sociais graves.

Arábia Saudita quer Busquets e outros astros do futebol

O ex-volante do Barcelona não é o único tentado pelos árabes, nos últimos dias, Benzema e Kanté foram confirmados como novos reforços do Al Ittihad. Antes deles, Cristiano Ronaldo havia sido contratado pelo Al Nassr. Esses não são os únicos, já que atletas como Gundogan, do Manchester City e De Gea, do rival United também são alvos.

Messi recebeu uma oferta de aproximadamente 2 bilhões de reais, segundo o jornalista Fabrizio Romano, porém, optou por continuar sua carreira nos Estados Unidos. Ao que tudo indica, Sergio Busquets tem tudo para seguir seu ex-colega e fazer o que ele e outros astros como Lampard, Gerrard, Bale, Rooney, Ibrahimovic e Kaká fizeram no passado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *