Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Cavani abre o jogo sobre a real possibilidade de jogar no Brasil

Crédito: Divulgação/Manchester United

De saída do Manchester United, o atacante Edinson Cavani está com o futuro aina indefinido para a próxima temporada. O jogador uruguaio tem contrato só até o final de junho e já sabe que não irá renovar o vínculo para permanecer nos Diabos Vermelhos. Entre as especulações, pelo menos dois clubes brasileiros surgiram como interessados no jogador: Corinthians e Botafogo.

Em entrevista ao programa ‘Bola da Vez’, da ESPN, Cavani confirmou ter recebido contados de clubes brasileiros e abriu o jogo sobre a possibilidade de atuar no Brasil futuramente. O atacante despistou sobre seu próximo destino.

—- Meu irmão comentou um pouco sobre diferentes oportunidades e situações apresentadas atualmente. E entre elas, a possibilidade de jogar no Brasil. Não mencionaria especificamente um time, mas recebemos contatos do Brasil para o ano que vem estar aí, na próxima temporada. São oportunidades, portas que se abrem. E como eu sempre digo, sou muito grato aos brasileiros porque sempre que jogo no Brasil, quando estive com a minha seleção sempre foram muito carinhosos. É algo que reconheço, porque se tem uma coisa que eu sou, é grato. Sobre o futuro, ainda não sei, vamos ver o que acontece, mas sou muito grato aos brasileiros — disse.

— Não diria próximo, porque são situações que surgem, falam com meu irmão. Mas, por respeito ao clube em que estou, o que eu sei é que aqui teriam preferência por terem me dado a oportunidade de ser parte desse time. Vai finalizar a temporada e depois veremos. Houve interesse do Brasil sim, não só agora, mas antes também. Mas vamos ver o que acontece, porque nem eu tenho claro, apenas que quero achar um lugar onde eu possa jogar e voltar ao ritmo, é o que eu mais quero para a minha seleção — acrescentou o atacante.

Contato do Boca Juniors:

Outro clube que também demonstrou interesse recente na contratação de Cavani foi o Boca Juniors, da Argentina. O atacante uruguaio também confirmou ter sido contactado por Riquelme, diretor esportivo do time argentino.

— Como eu comentei anteriormente, houve um contato com Román (Riquelme). Inclusive me escreveu, nos comunicamos. São coisas que no ambiente do futebol, entre colegas, acontece. E como mencionei, é um grande clube da América do Sul. Como, como um jogador de futebol, eu poderia dizer que não gostaria de jogar em um time como o Boca um dia? É como comentei com vocês, como afirmar que não gostaria de jogar em clubes grandes, como alguns do Brasil? – disse Cavani.

— São coisas que acontecem, é inevitável não ter contato. Vamos ver o que acontece mais adiante. Estou em uma situação em que, sinceramente não sei o que acontecerá o ano que vem. Quero terminar minha temporada aqui, quero terminar jogando, dando o meu máximo neste clube que me deu a oportunidade, e darei prioridade no momento de conversarmos. Quero jogar futebol, quero me divertir, quero competir. E vamos ver o que acontece — completou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *