Agora Esportes

As principais notícias do esporte

clube tem “falha” para se reforçar na lateral-esquerda


Vasco hoje: clube tem "falha" para se reforçar na lateral-esquerda

Crédito: Matheus Lima/Vasco

Após ficar muito perto de dizer adeus ao Vasco da Gama, o lateral esquerdo Edimar finalmente acertou sua permanência no clube carioca para a temporada de 2023.

O jogador tinha uma cláusula de renovação automática caso o Cruz-Maltino subisse para a Série A do Brasileirão e, embora já tivesse até falado em tom de despedida, decidiu mesmo ficar em São Januário.

Edimar já era considerado praticamente um ex-jogador do Gigante da Colina, apesar de o seu contrato ter a renovação automática.

Muito criticado por parte da torcida e vítima até de ameaças de morte, o atleta realmente considerou deixar o clube carioca.

Algumas conversas entre os seus representantes e a diretoria do Vasco chegaram a acontecer para tratar de um eventual acordo. No entanto, pesou a vontade do jogador em permanacer em São Januário.

A decisão de renovar o vínculo do lateral esquerdo veio logo após as frustradas tentativas do Cruz-Maltino de buscar um outro jogador para esta posição.

As possíveis opções que o Gigante da Colina tinha no mercado da bola eram os atletas Juninho Capixaba e Reinaldo, ambos eram observados pelo clube.

Contudo, o primeiro trocou o Fortaleza pelo Bragantino, logo após o fim do Brasileirão Série A, e o segundo acabou indo mesmo para o Grêmio, após uma boa passagem pelo São Paulo.

Desta forma, a renovação de contrato de Edimar voltou aos planos do Vasco da Gama. O lateral esquerdo jogou 50 partidas pelo clube carioca em 2022 e, portanto, terá a oportunidade de aumentar esta marca no ano que vem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *