Agora Esportes

As principais notícias do esporte

ex-treinador do Bayern é alvo do do clube após saída de Graham Potter, segundo Fabrizio Romano


chelsea-julian-nageslmann-graham-potter-blues

Crédito: Reprodução

Nesse domingo (2), o Chelsea anunciou a demissão do técnico Graham Potter. E conforme apuração do jornalista Fabrizio Romano Julian Nagelsmann é o nome preferido da diretoria e inclusive já ouve um contato inicial com o treinador.

O alemão foi demitido recentemente do Bayern de Munique, que por coincidência fez seu último trabalho no Chelsea antes de assumir os Bávaros.

Mauricio Pochettino é outro nome especulado, mas ao que tudo indica Nagelsmann é o alvo principal.

Campanha do Chelsea na temporada

Apesar de estar classificado para disputar as quartas de final da Champions League, os Blues estão oscilando na Premier League.

A equipe hoje ocupa a 11ª posição, com 38 pontos, 11 atrás do Tottenham, 5º colocado e que hoje estaria classificado para disputar a Liga Europa.

A derrota para o Aston Villa em casa pelo placar de 2 x 0 logo após o empate em casa contra o Everton por 2 x 2 motivaram a demissão de Graham Potter.

Rapidez para definir o novo treinador

Na próxima terça-feira (4), o Chelsea volta à campo para um duelo complicado contra o Liverpool, que foi goleado pelo Manchester City por 4 x 1.

Bruno Saltor será o técnico interino, mas a intenção dos Blues e confirmar seu novo técnico o quanto antes. Isso porque além dos duelos na Premier League os Blues abrem a fase de quartas de final da Champions League contra o Real Madrid, no Santiago Bernabéu, no dia 12 de abril.

Porém por hora o discurso é de apoio ao comandante interino. Os donos do Chelsea deram uma declaração oficial tanto sobre a demissão de Potter e de apoio para Saltor.

“Em nome de todos no clube, queremos agradecer a Graham. Temos o mais alto grau de respeito por Graham como treinador e como pessoa. Ele sempre se comportou com profissionalismo e integridade

Todos nós estaremos apoiando Bruno e a equipe enquanto nos concentramos no resto da temporada. Faltam-nos 10 jogos da Premier League e um quarto de final da Champions League”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *