Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Flamengo espera decisão de Varela para fechar com o lateral-direito

Atualmente no Dínamo de Moscou, Guillermo Varela entrou na mira do Flamengo. Aos 29 anos, o uruguaio passou a ter seu nome ventilado no Rubro-Negro, que deseja contar com o jogador no elenco desde que sua chegada ocorra de forma gratuita. Segundo o jornalista Mauro Cezar Pereira, a diretoria possui acordo encaminhado com o atleta, motivo pelo qual apenas uma condição separa o acerto. Isso porque o defensor precisa fazer o uso da cláusula da Fifa que permite profissionais suspenderem seus contratos com equipes da Rússia até junho de 2023.

Neste cenário, o Flamengo espera que Varela se posicione em relação ao desejo de atuar no futebol brasileiro. Caso o lateral-direito faça uso do direito ou entre em acordo com o Dínamo de Moscou, a tendência é que o acerto seja confirmado nos próximos dias.

Se ele utilizar essa cláusula da Fifa, o Flamengo vai contratar. O Flamengo tem encaminhado esse jogador, mas depende dele comprar essa briga. Se ele quiser jogar com o Arrascaeta, o Flamengo terá o Varela, um atleta para ocupar espaço em uma posição que, para mim, é a maior carência do elenco“, relatou Mauro Cezar em seu canal no YouTube.

Anteriormente, o mesmo plano poderia ser aplicado com Wendel. Porém, o volante optou por seguir no Zenit, renovando seu contrato e frustrando os planos do Flamengo, que manifestou intenção contar com o atleta na sequência da temporada.

Postura do Flamengo no mercado

Apesar da presença de Rodinei e Matheuzinho, a torcida do Flamengo entende que um lateral-direito de mais peso necessita ser contratado. Dessa forma, Marcos Braz explicou que nem sempre os pedidos podem ser atendidos, motivo pelo qual o clube espera uma boa oportunidade no mercado, algo que pode se encaixar com Varela.

Temos jogadores aqui que a gente confia, e temos que entender que aqui não é Seleção Brasileira não, aponta o jogador lá e manda vir. Não é assim. Aqui a gente, embora possa achar, possa entender que tem uma necessidade real, a gente também tem os planejamentos financeiros que precisamos cumprir. E isso aqui com o presidente Rodolfo Landim, sempre foi o sacerdócio“, afirmou em coletiva.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *