Agora Esportes

As principais notícias do esporte

John Textor não desiste e define estratégia para contratar o colombiano


James Rodríguez é a prioridade de John Textor para reforçar o Botafogo em 2023

Crédito: Divulgação/ FCF

Antes de mais nada, o Botafogo tem interesse na contratação o colombiano James Rodríguez. O jogador, de 31 anos, está livre no mercado da bola desde o dia 13 de abril, quando teve o vínculo rescindido amigavelmente pelo Olympiacos, da Grécia.

O Torcedores.com apurou que a negociação ainda está em estágio inicial. O Botafogo já enviou uma proposta para o jogador. O empresário do meia-atacante, Jorge Mendes, é quem conduz as conversas com John Textor.

James Rodríguez tem o desejo de seguir atuando na Europa. O colombiano aguarda o fim da temporada para avaliar todos os cenários. O camisa 10 deseja regressar ao futebol espanhol onde teve passagem apagada pelo Real Madrid na temporada 2019/2020.

A negociação é considerada complexa pelo investidor alvinegro, uma vez que James Rodríguez ainda não se mostrou favorável a um retorno a América do Sul. Isso porque, o jogador entende que tem condições de ter atuações de alto nível na Espanha.

Ainda segundo apurou a reportagem, o Botafogo tenta ser cauteloso para não inflacionar a negociação. John Textor sinaliza com uma oferta de R$ 1,3 milhões por mês, o que colocaria James Rodríguez entre os jogadores mais bem remunerados do futebol brasileiro.

Diante desse impasse, o acionista majoritário do futebol alvinegro irá esperar pela abertura da janela de transferências para fazer uma nova investida. John Textor tem a informação de que Flamengo e Palmeiras também desejam contratar o colombiano.

Apesar disso, John Textor pode elevar os números para eliminar a concorrência e garantir James Rodríguez. O Botafogo sinaliza com bonificação alta no ato da assinatura do contrato e um vínculo até de dezembro de 2025.

A carreira de James Rodríguez

Revelado pelo Envigado em 2003, James Rodríguez soma passagens por Banfield, Porto, Monaco, Real Madrid. Bayern Leverkusen, Everton, Al-Rayyan e Olympiacos. Além disso, defendeu a Colômbia em duas edições da Copa do Mundo: 2014 e 2018.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *