Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Mercado sul-americano ganha atenção de John Textor


Crédito: Vitor Silva/Botafogo.

O Botafogo não está tendo um mercado da bola com presença forte. tendo feito poucas contratações em comparação com as primeiras janelas de transferência da ‘era SAF’. Mas nos próximos dias, o torcedor do Glorioso poderá ter algumas notícias sobre reforços para o time.

E elas poderão vir de outros países da América do Sul. Segundo o GE, John Textor e a cúpula do futebol botafoguense já deverão aumentar na próxima semana a procura por atletas para reforçar o time. O mercado sul-americano é o principal visado pelos dirigentes do Gloriso, que já vem mapeando nomes e esforços para contratar.

A ‘demora’ para tal atitude se dá por duas razões. A primeira é o fim da janela europeia de transferências, encerrada na última semana. A SAF decidiu por esperar que o período de negociações do futebol da Europa se encerrasse para poder iniciar de vez observações nos países vizinhos sem ter que concorrer contra o poderio financeiro de maior vulto de clubes do exterior.

E, além disso, um incremento financeiro também ajuda nisso. O Botafogo terá uma grande arrecadação com a venda de Jeffinho para o Lyon, a maior da história do clube. Os valores da negociação do atacante com o futebol francês poderiam até fazer com que o clube mude o tom das negociações e passe a procurar por investir maiores valores em reforços.

Apesar do foco inicial de Textor ter sido a Europa e até outros times brasileiros, o principal acionista do futebol do Glorioso também quer focar no futebol sul-americano agora e vê o momento ideal para poder investir neste mercado e buscar reforços.

“Nesse momento, todos estão pedindo caro. Uma vez que a janela se fecha na Europa, é onde conseguimos as melhores oportunidades. A partir de 1/2 (a última quarta-feira), os agentes diminuem pedidos de 10 milhões de euros para 5 milhões. Vão ter mais transferências livres, empréstimos gratuitos”, afirmou o americano em entrevista ao FogãoNet.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *