Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Pretendido pelo Grêmio, goleiro uruguaio entra na mira de clube da Arábia Saudita


Sergio Rochet, do Nacional, do Uruguai, interessa a Grêmio e Al Nassr

Crédito: Divulgação/ Nacional

Em busca de um goleiro para a sequência da temporada, o Grêmio está em busca de uma “oportunidade de mercado” para reforçar o elenco. Um dos nomes desejados pelo clube é o uruguaio Sergio Rochet, do Nacional, do Uruguai. 

O Torcedores.com apurou que Sergio Rochet tem chances remotas de seguir no clube uruguaio. A diretoria do Nacional se prepara para efetuar a venda do jogador na próxima janela de transferências a fim de reforçar as finanças. 

Sergio Rochet vem chamando a atenção do Al Nassr, da Arábia Saudita. O clube do astro Cristiano Ronaldo busca um jogador de “classe internacional”. Isso por quê, David Ospina ainda se recupera de lesão e Agustín Rossi está se transferindo para o Flamengo. 

O Nacional tem pressa para concluir a operação, uma vez que o arqueiro tem contrato até de dezembro de 2023. Ele, portanto, pode assinar um pré-acordo com qualquer clube, inclusive Al Nassr ou Grêmio, a partir do dia 1º de julho. 

Diante disso, José Fuentes, presidente do Nacional, tenta evitar a saída do jogador sem que o clube receba uma compensação financeira. O dirigente estaria disposto a liberar o goleiro por US$ 3 milhões (R$ 15 milhões, na cotação atual). 

Ainda segundo apurou a reportagem, Sergio Rochet está sensibilizado com a possibilidade de ganhar petrodólares no Al Nassr, da Arábia Saudita. Entretanto, o jogador parece pouco empolgado em ir atuar ao lado de Cristiano Ronaldo. 

O goleiro até cogita voltar a atuar no exterior. Porém, a preferência dele seria acertar uma eventual transferência para o Grêmio. Sergio Rochet tem o desejo seguir perto da família e jogar ao lado do amigo Luís Suárez. 

A carreira de Sergio Rochet 

Sergio Rochet Álvarez nasceu em Nueva Palmira, no Uruguai. Ele é cria das divisões de base do Danubio. Saiu de lá para atuar na Europa. Ao longo da carreira, passou por AZ Alkmaar, da Holanda e, Sivasspor, da Turquia. Ele está no Nacional de Montevidéu desde 2019. 

Desde então, faturou a Supercopa Uruguaia (2021) e o Campeonato Uruguaio (2019, 2020 e 2021). Com a camisa da Celeste Olímpica, o goleiro representou o país na Copa do Mundo de 2022 e na Copa América de 2021.

Jogadores de Athletico e Grêmio e árbitros fazem protesto contra o racismo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *