Agora Esportes

As principais notícias do esporte

PSG “escapa” de fair-play e pode contratar livremente, diz jornal


Crédito: Divulgação/PSG

Após uma temporada muito ruim e decepcionante, o PSG planeja fazer grandes mudanças no plantel na próxima temporada. A ideia é reformular a equipe e trazer jogadores capazes de ajudar o clube a atingir o objetivo máximo: conquistar a Champions League.

Essa é a meta do PSG para a próxima janela de transferências. Contudo, uma fator estava ameaçando prejudicar essa operação: o Fair Play Financeiro. Contudo, segundo o jornal Le Parisien, esse problema não mais existe, por que o clube francês estaria com o caminho livre para ir atrás de novos reforços para a próxima temporada.

Para tornar viável toda a reformulação idealizada, o PSG teria que tomar algumas medidas. Entre essas estariam reduzir a folha salarial dos jogadores e vender atletas considerados “dispensáveis”. Isso traria um equilíbrio maior às contas dos parisienses.

Em meio a isso, dois jogadores que podem não permanecer no clube francês são Neymar e Messi, dois dos mais caros de todo o plantel. O argentino possui contrato até o final dessa temporada e a renovação ainda não foi definido. Por outro lado, o brasileiro ainda possui alguns anos restantes em Paris, porém, sua situação dentro do PSG e ele é cotado para ser negociado na próxima janela de transferências.

PSG aposta em Mbappé para o futuro

Enquanto a situação de Messi e Neymar permanece indefinida, esse não é o mesmo caso de Mbappé. O craque francês assinou no início dessa temporada um contrato com duração até 2025, com um salário que ronda 180 milhões de euros, a serem pagos durante toda a duração do contrato.

Apesar da situação econômica delicada e do risco que existia de ser punido devido ao Fair Play Financeiro, o PSG aumentou a sua arrecadação nessa temporada. Segundo o jornal “Le Parisien”, o clube atingiu 800 milhões de euros arrecadados em 2022/23, um aumento de cerca de 20%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *