Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Rescisão de Gerson Gusmão trava e profissional segue no Remo

Gerson Gusmão Remo

Crédito: Samara Miranda/Remo

Depois de ser eliminado na primeira fase do Brasileirão Série C, o Remo diminuiu, consideravelmente, o total de colaboradores no departamento de futebol. Vários contratos foram rescindidos.

No entanto, um profissional que não vai permanecer para a temporada 2023 do futebol brasileiro ainda não teve a saída completamente resolvida. Trata-se do treinador Gerson Gusmão.

De acordo com o presidente do clube azulino, Fábio Bentes, as partes ainda não fizeram acordo para rescindir o contrato.

Justamente por isso, Gusmão ainda não teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, ao contrário de vários jogadores.

Segundo o mandatário remista, o profissional da bola quer receber o salário de forma integral.

O Leão, por sua vez, cobra que Gerson se reapresente para trabalhar, o que não vem ocorrendo.

“Num primeiro momento, não houve entendimento de rescisão. Como não houve entendimento de rescisão, a gente solicitou que o profissional se reapresentasse. E o profissional está optando por não se reapresentar”, relatou Fábio Bentes.

“Seria pra cumprir o contrato que vai até o final da Série C. Foi o contrato que a gente fez com ele”, acrescentou o mandatário.

Oficialmente, o Remo não descarta que a divergência possa resultar num processo trabalhista.

“A gente, provavelmente, deve entrar num processo de litígio porque não está conseguindo chegar num entendimento”, declarou Bentes.

“Na nossa visão, quando acaba um projeto, é natural que não se continue com os vínculos”, avaliou.

“Mas a gente tem um contrato com o profissional e ele precisa ser cumprido. Se não teve acordo pra rescisão, o profissional se reapresenta e segue o contrato. Esse é o normal”, finalizou o presidente do Remo.

Gerson Gusmão foi contratado pelo Mais Querido junto ao Botafogo-PB com a temporada 2022 já em andamento.

Em sete jogos, acumulou o retrospecto de duas vitórias, três empates e duas derrotas.

Além disso, não conseguiu avançar com o Remo para a segunda fase do Brasileirão Série C.

Veja a entrevista completa do presidente do Remo, Fábio Bentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *