Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Rodrigo Caetano é cotado para ocupar cargo importante na CBF após Copa do Mundo

Foto: Divulgação/ Atlético-MG

O Atlético-MG pode perder um importante funcionário para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no fim da atual temporada. O diretor executivo Rodrigo Caetano, responsável por comandar o departamento de futebol alvinegro, pode deixar o clube no fim da atual temporada.

O Torcedores.com apurou que o nome de Rodrigo Caetano tem ganhado nos últimos dias, para substituir Juninho Paulista como novo coordenador da seleção brasileira. A admiração que o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, tem pelo dirigente atleticano pode facilitar em uma possível negociação.

Desde a última semana, a possível saída de Juninho Paulista é comentada nos bastidores da CBF. A princípio, o desligamento dele faria parte da reformulação que será promovida pela entidade após a Copa do Mundo do Catar. Afinal, o técnico Tite já anunciou que não vai seguir no comando da seleção brasileira após o Mundial.

A princípio, o possível substituto de Juninho Paulista é um assunto que tem sido tratado com muito cuidado tanto pela CBF quanto no Corinthians. No Atlético-MG, ninguém confirma que exista uma conversa em curso entre Rodrigo Caetano com a cúpula da CBF. Nos bastidores corre a informação de que nada pode tirar o foco da preparação da seleção brasileira.

Ainda segundo apurou a reportagem, o nome de Rodrigo Caetano é considerado um dos mais fortes neste momento. Apesar disso, a negociação não será fácil. Afinal, o dirigente tem como hábito quebrar seus contratos. Se quiser contratá-lo, a CBF terá de chegar a um denominador comum com o Atlético-MG.

A carreira de Rodrigo Caetano

Rodrigo Caetano foi meia-esquerda do Grêmio no começo dos anos 90. Após pendurar as chuteiras em 2003, ele iniciou a carreira de diretor executivo de futebol no RS Futebol. Posteriormente, trabalhou no Grêmio, Vasco, Fluminense, Flamengo, Internacional e Atlético-MG.

Ao longo da carreira, o dirigente comandou projetos vitoriosos que lhe rendeu a Supercopa do Brasil (2022), o Campeonato Brasileiro (2012 e 2021), a Copa do Brasil (2011 e 2021), a Série B do Campeonato Brasileiro (2009), o Campeonato Mineiro (2021), o Campeonato Carioca (2012 e 2017) e o Campeonato Gaúcho (2007).

Atlético-MG renova contrato de Hulk até 2024. Veja o vídeo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *