Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Rony abre o jogo sobre possível saída do Palmeiras para o Catar

Rony, Palmeiras

Crédito: Cesar Greco/Ag.Palmeiras

O Palmeiras venceu o Juventude por 2 a 1, em jogo válido pela 26ª rodada do Brasileirão. Depois de um primeiro tempo difícil, o Verdão abriu o placar com Rony no primeiro minuto da etapa final. Após a partida, o camisa 10 Alviverde falou sobre os rumores de uma possível saída para o Catar ainda nesta temporada.

Segundo informações da ESPN, um clube do Catar estaria disposto a oferecer até cerca de R$ 78 milhões pela contratação de Rony. O jogador, entretanto, afirmou desconhecer qualquer interesse ou oferta do exterior para deixar o Palmeiras. O atacante destacou que está focado na reta final do Brasileirão e na chance de conquistar um título inédito na carreira.

“Eu não estou sabendo que chegou alguma coisa (proposta). Acabei vendo essa situação, mas meu foco é aqui no Palmeiras. Se tiver que acontecer, vai acontecer no momento certo. Meu foco está sendo total aqui no Palmeiras. Para deixar tranquilo nosso torcedor, estou focado nesta competição, que para mim será algo inédito. Pode ser meu primeiro título brasileiro, então foco total aqui no Palmeiras, no Brasileiro e meu objetivo é só ser campeão”, disse Rony.

Vale lembrar que o Palmeiras é dono de 50% dos direitos econômicos de Rony. Ou seja, receberia apenas metade do valor de uma possível negociação. O clube desembolsou  6 milhões de euros (R$ 28 milhões, na época) para tirá-lo do Athletico-PR em 2020.

Goleador do Palmeiras no ano:

Contra o Juventude, Rony chegou ao 20º gol marcado em 2022 e se isolou como artilheiro do clube na temporada. Coincidência ou não, o camisa 10 tem atuado fora de sua posição de origem, mas segue dando conta do recado.

“Eu acredito que estou ajudando a minha equipe da melhor maneira possível. Independentemente da posição ou da função que o professor opta para eu jogar. Muita das vezes eu tenho que ser ponta, e eu estou à disposição do treinador, ele que escala o time e está dando certo. Estou jogando como falso 9, é lógico que você ficando mais perto do gol, você tem mais oportunidade de marcar. Mas estou me sentindo bem à vontade de fazer essa função. Com o tempo você fica refém da posição, mas estou muito feliz por fazer essa função, por ajudar a minha equipe dentro de campo a vencer”, disse Rony.

Abel Ferreira fala sobre o camisa 10:

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Abel Ferreira também falou sobre o posicionamento de Rony na temporada. O comandante português destacou a importância de ter jogadores flexíveis.

“Desde o primeiro dia em que cheguei aqui, disse que não sou treinador de posições ou esquemas táticos fixos. Até porque na nossa vida hoje, a parte flexível é a que domina. Muitas vezes, quando queremos impor muitas coisas à força, criamos muita resistência. E a pessoa que está do outro lado não se adapta. Esse foi um dos segredos dessa equipe. Triunfamos aqui no Brasil porque de fato tivemos a capacidade de nos adaptarmos, por sermos flexíveis, sermos resilientes, porque é preciso”, começou Abel Ferreira. 

“Nossos jogadores entenderam isso, e o Rony tem essas características. Pode jogar por fora, pode jogar à frente, como já fez, e dá o que queremos: intensidade, gols, pressão. Sei que foi um dos artilheiros da Libertadores, então é um jogador de que nós gostamos, e pode fazer mais de uma posição. Temos o elenco curto por duas razões: a primeira é porque acreditamos na formação, é uma aposta fundamental para nós. E a segunda é porque temos jogadores que podem fazer mais de uma posição”, acrescentou o treinador.

Com Rony, o Palmeiras volta a campo no próximo domingo (18), às 18h30 (de Brasília), para enfrentar o Santos no Allianz Parque, pela 27ª rodada. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *