Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Santos; Saiba os valores que o clube pede para vencer Marcos Leonardo


Crédito: Raul Baretta/ Santos FC.

Com a situação financeira ainda em termos bastante complicados, o Santos segue precisando negociar atletas para poder fazer caixa. O que vem sendo o principal a deixar a Vila Belmiro para ser negociado é o atacante Marcos Leonardo, e o clube já tem ideia de o quanto pretendem arrecadar pelo jogador.

Segundo informação do Superesportes, o jogador, que atualmente serve à seleção brasileira sub-20 que jogará o Mundial da Categoria na Argentina, poderá render até 15 milhões de euros (R$ 79,7 milhões) numa possível negociação do atacante, que tem 70% de seus direitos econômicos pertencentes ao Peixe.

O valor é abaixo do originalmente pensado pelos santistas para negociar Marcos Leonardo. O desejo inicial da diretoria alvinegra era a de que o atacante pudesse ser vendido por cerca de 20 milhões de euros. Mas o atleta, que é detentor da fatia restante (30%) dos direitos econômicos, decidiu abrir mão de uma parte desta fatia, o que levou a uma potencial redução do preço.

Mas outros motivos também influem para que o Santos queira negociar o atacante por tal faixa. Um deles a queda de valorização de atletas brasileiros no futebol europeu em anos recentes, por conta de vários atletas não terem obtido sucesso por lá depois de terem sido negociados por grandes valores. Dois deles justamente ex-atletas do Peixe, Kaio Jorge e Gabigol.

O único jeito de conseguir aumentar o valor e chegar ao preço original ou algo próximo disso é tentar criar uma negociação na qual o eventual comprador do atacante possa ter que desembolsar valores caso o atacante cumpra algumas metas durante a temporada.

Houve algumas sondagens a Marcos Leonardo, mas o Santos ainda não recebeu propostas oficiais pelo atacante. A mais recente equipe a sondar o Peixe pelo jogador foi a Roma, que buscou uma aproximação pelo atleta, ainda sem sucesso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *