Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Torcida do Flamengo pede a contratação de Leonardo, ex-PSG

Crédito: Harold Cunningham/Getty Images

Depois de confirmada a renovação de Mbappé com o PSG, o ex-jogador Leonardo, que estava trabalhando como diretor esportivo da equipe francesa desde o ano de 2019, sairá do cargo oficialmente no fim desta temporada.

Isso se deve ao fato de que a demissão do brasileiro era uma das condições impostas pelo atacante francês para renovar com a equipe, que aceitou a decisão visando da permanência do jogador.

Desde então, Leonardo está livre no mercado e em função de sua experiência na função, que já exerce desde 2011, quando teve sua primeira passagem como diretor do Paris Saint-Germain, vem tendo seu nome solicitado por uma das maiores torcidas do Brasil.

Torcedores do Flamengo movimentam a web pedindo a contratação de Leonardo

Vivendo momentos de turbulência com Marcos Braz e Bruno Spindel, a torcida do Flamengo vem, por meio do Twitter, pedindo a contratação de Leonardo, que por estar livre no mercado, pode se interessar pela possibilidade de trabalhar no país.

Aliás, apesar do fato de ter grande indentificação com o São Paulo, Leonardo foi revelado pelo clube da Gávea, tendo vestido a camisa do Mengão em duas ocasiões. A primeira delas foi no início de sua carreira como profissional, entre os anos de 1987 e 1990. Já a segunda oportunidade foi em 2002, sendo o Rubro-Negro carioca, o último clube que o atleta jogou no Brasil

Todavia, a campanha divide opiniões entre os torcedores do Flamengo, pois alguns adeptos dizem que o ex-jogador está ‘ultrapassado’ e que poderia acabar tomando decisões consideradas negativas no clube.

Confira alguns relatos da torcida:

O Flamengo tem q se livrar do Marcos Braz e Spindel urgente. E contratar o Leonardo que saiu do PSG, para ontem.” Disse um torcedor.

Outro teve uma opinião diferente:

Essa galera que está pedindo Leonardo no Flamengo acompanhou alguma coisa do PSG nos últimos anos?? Leonardo já foi um bom nome, mas há anos ficou ultrapassado, mais um que viria pra não usar ciência aplicada ao esporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *