Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Veja quanto o Santos economizou com ida de Gabriel Carabajal para o Vasco


Gabriel Carabajal em ação pelo Vasco

Crédito: Daniel Ramalho/ Vasco

Lutando para enxugar a folha salarial, o Santos está fazendo uma engenharia financeira para abrir espaço no elenco visando a sequência da temporada. Na última sexta-feira (21), por exemplo, o clube acertou a ida do meia-atacante Gabriel Carabajal para o Vasco.

O Torcedores.com apurou que o Santos conseguiu um “fôlego” financeiro de US$ 635 mil (R$ 3,2 milhões, na cotação atual), considerando apenas a saída de Gabriel Carabajal que foi uma das principais contratações do clube paulista em 2022.

Para contratar o jogador de 31 anos em agosto de 2022, o Santos empenhou US$ 1,6 milhões (R$ 8 milhões, à época) para adquirir os direitos econômicos do meio-campista junto ao Argentinos Juniors. O contrato é válido até dezembro de 2026.

O Santos, portanto, conseguiu um alívio de US$ 80 mil (R$ 400 mil) por mês com a liberação do argentino. Ele, portanto, tinha um salário considerado alto para um “reserva de luxo”. O clube chegou a um denominador comum com o atleta, uma vez que o técnico Odair Hellmann não pretendia utilizá-lo até o fim da temporada.

Ainda segundo apurou a reportagem, a lista de jogadores “dispensáveis” poderá ter novidades nos próximos dias. Isso porque, a diretoria alvinegra pretende se livrar de mais três ou quatro atletas para reduzir custos e aumentar a margem de investimento no mercado da bola.

Enquanto isso, o Santos segue sua sina de mostrar aos críticos de que tem elenco para tenta brigar por títulos nesta temporada. A desconfiança vem da falta de contratações impactantes e, principalmente, por causa da fraca campanha no Campeonato Paulista.

A carreira de Gabriel Carabajal

Gabriel Horacio Carabajal nasceu em Córdoba, na Argentina. É cria do Talleres onde atuou de 2009 a 2015. Depois disso, ele passou por Godoy Cruz, Patronato, Unión e Argentinos Juniors. No exterior, passou por Patriotas, da Colômbia e Universidad San Martín, do Peru.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *