26 de outubro de 2021

Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Jon Jones é preso por violência doméstica em Las Vegas

Por Matheus Costa | 25/09/2021 01:37

Poucas horas após a realização da cerimônia do Hall da Fama do UFC, o ex-campeão dos meios-pesados Jon Jones foi detido na cidade de Las Vegas pelo Departamento de Polícia de Las Vegas sob as alegações de violência doméstica e dano a um veículo sem autorização. A informação foi publicada pela “ESPN“, que obteve a confirmação junto a um oficial sobre a situação, mas sem fornecer maiores detalhes sobre o ocorrido.

+ UFC 266: Volkanovski vs. Ortega – Prévia do Card Principal

Jones foi detido às 5:45h em um resort e foi levado para o Centro de Detenção Clark County. Ele foi detido em uma cela por 12 horas e teve fiança estabelecida em 8 mil dólares (R$ 42 mil). Neste sábado, o atleta de 34 anos irá comparecer a uma audiência judicial sobre o caso às 13:30h em Las Vegas.

Questionado sobre o ocorrido, Richard Schaefer, um conselheiro que trabalha junto ao lutador de 34 anos, falou com a ESPN sobre o ocorrido. Sem fornecer grandes detalhes, Richard afirmou que os fatos ainda estão sendo investigados e que prefere não fornecer maiores informações até ter a chance de conversar com o ex-campeão dos meios-pesados.

+ Apoie o MMA Brasil e colabore com o jornalismo independente

“Os fatos ainda estão sendo investigados, então não temos ideia do que realmente aconteceu e toda a história. Por isso, não vou dar nenhum pronunciamento até que eu tenha a chance de conversar com o Jon e ver como as coisas vão se desenrolar”, afirmou.

A vida de Jon Jones fora do octógono tem sido bastante conturbada nos últimos anos. A detenção do ex-campeão é a sexta vez em que Jones foi preso, somando diversas violações da lei. A mais famosa delas ocorreu em 2015, quando dirigia sob efeito de álcool e bateu seu veículo contra o carro de uma mulher grávida, que teve o braço quebrado com o impacto da batida. Jones, então, se negou a prestar socorro e fugiu da cena do acidente. Na época, ele foi condenado a 18 meses de serviços comunitários e teve o cinturão dos meios-pesados retirado pelo UFC.

Jon Jones esteve presente em Las Vegas e compareceu a cerimônia do Hall da Fama do UFC, realizada na última quinta-feira (23), para participar da indução de seu combate contra Alexander Gustafsson, em 2013, ao hall de lutas memoráveis da organização. Recentemente, ele decidiu subir para a categoria dos pesados e, embora não tivesse uma luta oficialmente marcada, rumores indicavam uma possível futura disputa de cinturão na divisão.

Foto: UFC/Divulgação/Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *