24 de outubro de 2021

Agora Esportes

As principais notícias do esporte

George Russell na Mercedes a partir da temporada 2022 da Fórmula 1

Primeiramente, a Mercedes resolveu agir rapidamente após a saída confirmada de Valteri Bottas. Ou seja, o anúncio de George Russell na Mercedes a partir da próxima temporada da Fórmula 1 já foi feito de maneira oficial.

Portanto, o piloto será o novo companheiro de Lewis Hamilton no ano que vem. Em contrapartida, o finlandês abandonará a equipe e se mudará para a Alfa Romeo na próxima temporada, ganhando a vaga do Kimi Raikkonen. O experiente piloto já confirmou que vai se aposentador no enceramento dessa temporada.

A notícia de George Russell na Mercedes acontece ao mesmo tempo em que ele está apresentando um desempenho sensacional, que levou a Williams ao Q3 nas classificações pela primeira vez nos últimos três anos, conseguiu os primeiros pontos da equipe desde 2019 no Grande Prêmio da Hungria.

Na prova da Bélgica, ele alcançou o seu primeiro pódio com uma segunda colocação que acabou com um jejum desconfortável da equipe de quatro anos sem encerrar uma disputa entre os três primeiros lugares.

George Russell na Mercedes

“É um dia especial para mim pessoal e profissionalmente, mas também um dia de emoções confusas. Estou animado e honrado por me juntar à Mercedes no próximo ano, o que é um grande passo na carreira, mas também significa que vou dizer adeus aos meus companheiros de equipe e amigos da Williams. Foi uma honra trabalhar ao lado de todos os membros da equipe, e uma honra representar o nome Williams na F1.

Olhando para a próxima temporada, eu estaria mentindo se dissesse que não estou absolutamente ansioso. É uma grande oportunidade e quero agarrar com as duas mãos. Mas não tenho ilusões quanto à escala do desafio; vai ser uma curva de aprendizado íngreme.

Valtteri estabeleceu um padrão elevado, consistentemente entregando resultados semana após semana, conquistando vitórias, pole position e ajudando a ganhar vários títulos de campeonatos. Meu objetivo deve ser recompensar a confiança que Toto (Wolff, chefe da equipe), a equipe e a diretoria depositaram em mim, garantindo que eu faça minha parte na continuidade desse sucesso e quero deixar meus novos companheiros de equipe orgulhosos.

Claro, um desses novos companheiros de equipe é, na minha opinião, o maior piloto de todos os tempos. Eu admiro Lewis desde que eu estava no kart e a oportunidade de aprender com alguém que se tornou um modelo dentro e fora da pista só pode me beneficiar como piloto, profissional e ser humano.

Por enquanto, porém, tenho mais nove corridas como piloto da Williams e quero ter certeza de que são as nove melhores do meu tempo com a equipe. Então, e só então, posso voltar minha atenção para 2022”, afirmou Russell após a confirmação de sua contratação.

Trajetória de Russell na Fórmula

Definitivamente, a chegada de George Russell na Mercedes não foi uma surpresa. Aos 23 anos, ele fez a sua primeira corrida em 2019 pela Williams, mas essa negociação já era dada como certa nos últimos meses.

Formado pela Mercedes, Russel estava sendo cotado para formar dupla com Hamilton há cerca de um ano. No final da última temporada, ele foi convidado para substituir o piloto heptacampeão, quando ele testou positivo para a COVID-19 antes do GP de Sakhir.

Na época, o jovem piloto fechou os treinos na frente de Bottas e se classificou na vice-liderança. Durante a prova, ele superou o colega e ficou muito perto de conseguir a vitória, antes de sofrer com uma falha no pit stop e um pneu furado, como também ocorreu com o finlandês.

Logo, os bons resultados começaram a dar rumores de George Russell na Mercedes. De acordo com a imprensa esportiva, essa definição já estava acertada há algum tempo.

Por fim, Toto Wolff declarou, após o treino de classificação para a prova da Bélgica, que o nome do escolhido seria mantido em sigilo até o anúncio do futuro de Bottas. Por fim, George Russell na Mercedes foi oficializado nesta semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *