Agora Esportes

As principais notícias do esporte

História do Cuiabá

O Cuiabá Esporte Clube é um clube esportivo com sede na cidade de Cuiabá, em Mato Grosso. O time foi criado em 12 de dezembro em 2001 pelo ex-jogador de futebol Gaúcho. A intenção dele era disputar as competições amadoras das categorias de base, contando como brasão o obelisco do centro geodésico da América do Sul (Cuiabá está no coração da América do Sul).

Dois anos depois, a equipe ingressa no futebol profissional e se classifica para a decisão do Campeonato Estadual contra o Barra de Garças. A partida ocorreu no antigo Estádio José Fragelli (Verdão), com a participação de mais de 10 mil torcedores, que de maneira inédita no futebol estadual, o Cuiabá fatura o título de campeão mato-grossense em seu primeiro campeonato.

Ainda em 2003, participou na Série C do Campeonato Brasileiro e ficou em primeiro lugar do seu grupo na primeira fase. Na segunda fase, superou o Palmas-TO no primeiro jogo fora de casa. No jogo de volta, mas perdeu no tempo regulamentar e foi eliminado nos pênaltis.

No ano seguinte, o time sagrou-se bicampeão estadual em disputa com o União de Rondonópolis, no Estádio Luthero Lopes. A equipe também foi vice-campeã da Copa Mato Grosso. No mesmo ano, participou do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Oscar Conrado foi o treinador esteve à frente do time neste período.

Entre os anos de 2006 e 2008, o Cuiabá optou por se licenciar das atividades profissionais. Em 2009, já contando com o comando da família Dresch, o clube voltou na segunda divisão Estadual e ficando com o vice. No mesmo ano, a equipe conquistou o vice da Copa do Governador.

Gaúcho, fundador do Cuiabá Esporte Clube
FOTO: site oficial do Cuiabá Esporte Clube

Resumo da História do Cuiabá Esporte Clube

Dois anos depois, o Dourado consegue o acesso para Série C, após ganhar as duas partidas das quartas contra o Independente de Tucuruí-PA. Em 2015, o Cuiabá conseguiu uma façanha ao se tornar o primeiro time do Mato Grosso a conquistar a Copa Verde, vencendo o Remo. Por isso, o clube se garantiu na Sul-Americana de 2016, virando o primeiro clube do estado a estar em um campeonato internacional.

A temporada 2020 foi bastante afetada pela pandemia de Covid-19 e a interrupção do futebol no Brasil por vários meses. Portanto, a Série B começou apenas em agosto, encerrando-se somente em janeiro do ano seguinte. Com uma campanha forte e presente no G4 durante toda a competição, o Dourado obteve o acesso para o Brasileiro, recolocando uma equipe mato-grossense na elite do futebol nacional após 35 anos.

Além disso, a equipe também avançou até às quartas de final da Copa do Brasil, derrotando o Botafogo nas oitavas e parando apenas no Grêmio. No ano seguinte, o clube começou a temporada erguendo a taça estadual de maneira invicta. Foi a décima conquista em 20 anos de história.

Na segunda metade de 2021, o Dourado jogou a sua primeira Série A, mantendo uma campanha solida e que permitiu a manutenção na primeira divisão. O clube também conseguiu alcançar uma competição internacional pela segunda vez, a Copa Sul-Americana.

Novamente, o Dourado tem como meta continuar na primeira divisão do futebol mais uma vez e dar continuidade ao seu processo de consolidação no cenário nacional.

Gaúcho e Neto Nepomuceno no Cuiabá
FOTO: site oficial do Cuiabá Esporte Clube

Hino Oficial do Cuiabá Esporte Clube

De acordo com o site oficial, o hino foi composto por Pescuma.

“Cuiabá Esporte Clube

Time do meu coração

Nasceste predestinado

Para ser um grande campeão!

 

Legítimo representante da cidade verde

Da terra do sol

És guerreiro, és gigante

Na arte do futebol!

 

Auriverde da baixada

Suas cores lembram nossa tradição

Em cada gol, cada jogada

Reacende a chama da nossa paixão!

 

Refrão

Cuiabá, Cuiabá, Cuiabá

Tens a valentia de um dourado

Em campo nos faz vibrar

No gingado do rasqueado”

Ídolos do Dourado

Apesar da história relativamente recente, o Cuiabá já possui alguns jogadores que se destacaram durante a sua passagem pelo Dourado. A lista abrange Anderson Conceição, Betinho, Claysson, Damián Escudero, Edson Borges, Elton, Élvis, Héverton, Jonas, Leandro Souza, Lucas Ramon, Matheus Nogueira, Moises Daltazen, atan, Osman, Sueliton, Uillian Correia e Walter.

Ídolos na História do Cuiabá
FOTO: site oficial do Cuiabá Esporte Clube

Patrimônio

A Arena Pantanal foi construída obedecendo todos os critérios apontados pela FIFA para se tornar uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, no Brasil. A arena tomou o lugar do antigo Estádio Governador José Fragelli, que foi demolido. Desde abril de 2014, o Cuiabá realiza os seus jogos como mandante na Arena Pantanal.

O primeiro jogo do Dourado no local foi diante do Internacional, válido pela Copa do Brasil. Cerca de 21 mil torcedores assistiram o empate em 1 a 1, alcançando a maior marca de público antes do Mundial do Brasil. Já em setembro de 2018, o novo recorde foi batido com 41 mil pessoas para a decisão da Série C do Campeonato Brasileiro entre Cuiabá e Operário Ferroviário.

Vale salientar que o Cuiabá possui instalações específicas para o treinamento e preparação de sua equipe profissional de futebol, bem como para formação e desenvolvimento dos jovens talentos que compõem as suas categorias de base. Além disso, o clube conta com dependências para atender as suas equipes de futebol feminina.

Escudo do Cuiabá

As cores tradicionais do Cuiabá são o verde e o amarelo. O seu escudo é representado com o obelisco do Centro Geodésico da América do Sul, símbolo que também está presente na bandeira da cidade.

Escudo do Cuiabá

Mascote do Dourado

Dourado é o Mascote do Cuiabá

De acordo com o site oficial, o mascote do Cuiabá é o Peixe Dourado, resultando também no ‘apelido oficial’ de ‘Dourado’ para a equipe do Mato Grosso.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *