24 de outubro de 2021

Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Campeã olímpica, Ana Marcela disputará etapa do Brasileiro de Maratona Aquática

No próximo final de semana, nos dias 2 e 3 de outubro, ocorre a quinta Etapa do Campeonato Brasileiro e Copa Brasil de Maratona Aquática. Assim, um dos grandes nomes da competição será a participação da medalhista de ouro nos Jogos de Tóquio, Ana Marcela Cunha.

A campeão brasileira de maratona aquática disputará a prova de cinco quilômetros do Campeonato Brasileiro neste domingo. De acordo com informações do site do Time Brasil, os eventos esportivos acontecerão nas dependências do Billings Country Club, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

Enquanto no sábado, a prova de 10 km contará com a atleta olímpica de Natação Viviane Jungblut, com a líder do ranking Carol Hertel e com nadadora Betina Lorscheitter. Em contrapartida, os representantes do país na última edição do Pré-Olímpico, Allan do Carmo e Diogo Villarinho, cairão na água no Brasileiro de Maratona Aquática.

Vale salientar que a prova de 5km da Copa Brasil também será no sábado. “Teremos o privilégio de ter, nesta etapa, a nossa campeã olímpica Ana Marcela Cunha. Com certeza a participação dela é muito importante”, declarou o diretor de Maratonas Aquáticas da CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos), Sergio Silva.

O diretor da entidade brasileira salientou que Ana Marcela costuma participar de etapas do Circuito Mundial, todavia agora ela poderá compartilhar um pouco de sua experiência e trajetória vitória com esportistas mais novos que estão se inspiram nela. “Ela normalmente está no Circuito Mundial, mas desta vez estará nadando ao lado de atletas mais jovens que se inspiram nela”, concluiu Sergio Silva.

Ouro de Ana Marcela Cunha nos Jogos de Tóquio

Depois de um ciclo olímpico recheado de vitórias e resultados importantes, a expectativa para os 10km da maratona aquática em Tóquio era alta. Despontando do pelotão desde o começo e impondo um ritmo bem forte, Ana Marcela sequer deu oportunidade para as suas oponentes nas Olímpiadas e faturou o ouro com o tempo de 1h59m30s8.

“Eu consegui colocar tudo que eu tinha na prova. E é gostoso. Eu sou motivada à provocações, mas sempre levo pro lado bom, como conversei com a Carla Di Piero, minha psicóloga. Representa muito a ajuda que recebemos do COB, independente se é modalidade feminina ou se é masculina. Isso ajuda em relação à igualdade e representa muito para as medalhas no Brasil. E as mulheres estão vindo com algo especial. Eu ainda não fui campeã mundial nos 10km. Saio daqui querendo ainda mais”, disse a campeã olímpica.

“Eu sempre acreditei nos meus sonhos, nos da minha família, em todas nos das pessoas que acreditaram em mim. Sou uma pessoa muita realizada principalmente por ter pessoas positivas ao meu lado. Isso me fez sempre continuar. Mesmo não ganhando medalha em 2008, e em 2012, e sendo uma decepção para muito brasileiros em 2016, acho que sempre acreditei muito naquilo que estava guardado para mim. São treze anos de espera e essa medalha representa muito”, complementou Ana Marcela Cunha.

Medalhas dos esportes aquáticos brasileiros em Tóquio

Os esportes aquáticos brasileiros encerram sua participação em Tóquio com três medalhas de bronze com Fernando Scheffer (200m livre) e Bruno Fratus (50m livre) e uma a dourada com Ana Marcela Cunha.

Mais Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *