27 de novembro de 2021

Agora Esportes

As principais notícias do esporte

Brasil x Argentina: Fifa se pronuncia após suspensão de jogo

Nesta segunda-feira, 6, a Fifa soltou um comunicado oficial abordando o adiamento da partida entre Brasil x Argentina, neste domingo, 5, válida pelas Eliminatórias da América do Sul para Copa do Mundo de 2022.

Afinal, o jogo marcado para a Neo Química Arena foi interrompido ainda nos primeiros minutos por agentes da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Primeiramente, os agentes entraram no estádio, acompanhados da Polícia Federal. Posteriormente, a delegação adentrou ao gramado e procurou quatro jogadores da Argentina.

Adiamento do jogo

Apesar disso, o delegado responsável pelo jogo clássico Brasil x Argentina até buscou evitar a ação, mas, a iniciativa foi frustrada. Houve um princípio de discussão com dois atletas argentinos, todavia, nenhum foco de confusão foi relatado ao longo da intervenção.

Assim, a Anvisa apontou que quatro jogadores da Argentina necessitariam cumprir quarentena porque passaram pela Inglaterra nas últimas duas semanas. A lista engloba goleiro Emiliano Martinez, os meias Emiliano Buendia e Giovani Lo Celso e o zagueiro Cristian Romero, que defendem times do futebol inglês.

Anteriormente, esses jogadores viajaram direto para a Venezuela para disputar o jogo contra a Venezuela, o primeiro compromisso da seleção argentina nessa Data Fifa com rodada tripla das Eliminatórias. A equipe comandada por Messi ganhou por 3 a 1.

Ainda de acordo com a Anvisa, houve dados errados repassados pelos argentinos nos documentos de entrada no Brasil. Ou seja, sem indicar que esses quatro jogadores estiveram em solo inglês nos últimos 14 dias.

Desenrolar do caso na Fifa

A partir de agora, a equipe disciplinar da Fifa vai analisar a situação envolvendo a partida Brasil x Argentina. Seja qual for a determinação, possivelmente, uma das suas seleções, que estão disputando a pontuação da partida, contestarão e recorrerão ao Comitê de Apelação da Fifa. Normalmente, esses tramites esportivos são demorados.

Na prática, a tabela de classificação das Eliminatórias, com Brasil e Argentina nas primeiras posições, apresentará um asterisco com a indicação de que há uma partida a menos na programação, em função do cancelamento de Brasil x Argentina.

Nota oficial emitida pela Fifa sobre Brasil x Argentina

“A Fifa lamenta as cenas anteriores à suspensão da partida entre Brasil e Argentina que impediram milhões de torcedores de desfrutar de uma partida entre as duas das mais importantes nações do futebol no mundo”, diz um trecho do comunicado, que continua com a Fifa dizendo que vai analisar o caso:

“Os primeiros relatórios oficiais da partidas foram enviados à Fifa. Estas informações serão analisadas pelos órgãos disciplinares competentes e uma decisão será tomada no seu devido tempo”.

CBF repudia cancelamento de Brasil x Argentina

Após o cancelamento formal da partida entre Brasil x Argentina, a comissão técnica comandada por Tite optou por realizar um treinamento no estádio do Corinthians. Afinal, a seleção brasileira ainda possui uma partida marcada para esse período conturbado de apresentação dos jogadores.

Fora das quatro linhas, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) repudiou a interferência da Anvisa e, consequentemente, a suspensão do confronto. A entidade responsável pelo futebol no território nacional também publicou uma nota oficial sobre o ocorrido.

Comunicado oficial

“A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) lamenta profundamente os fatos ocorridos e que acabaram por provocar a suspensão da partida entre Brasil e Argentina, válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022.

A CBF defende a implementação dos mais rigorosos protocolos sanitários e os cumpre na sua integralidade. Porém ressalta que ficou absolutamente surpresa com o momento em que a ação da Agência Nacional da Vigilância Sanitária ocorreu, com a partida já tendo sido iniciada, visto que a Anvisa poderia ter exercido sua atividade de forma muito mais adequada nos vários momentos e dias anteriores ao jogo.

A CBF destaca ainda que em nenhum momento, por meio do Presidente interino, Ednaldo Rodrigues, ou de seus dirigentes, interferiu em qualquer ponto relativo ao protocolo sanitário estabelecido pelas autoridades brasileiras para a entrada de pessoas no país. O papel da CBF foi sempre na tentativa de promover o entendimento entre as entidades envolvidas para que os protocolos sanitários pudessem ser cumpridos a contento e o jogo fosse realizado”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *